Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Casas de férias: DCIAP alerta para burlas em arrendamentos pela internet

Autor: Redação

Todo o cuidado é pouco quando se arrenda uma casa de férias através de um anúncio visto na internet. O alerta é deixado pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP). “Poderá desconfiar logo de arrendamentos de casas que comparativamente importem o pagamento de um reduzido valor”, lê-se no site da entidade. 

Na nota, o DCIAP recomenda que “qualquer entrega de sinal para arrendamento de casa para férias através da internet” seja “precedido de consultas sobre o anúncio em causa e sobre anúncios semelhantes com as mesmas fotos ou imagens, na busca de eventuais denúncias informais de burlas por parte de outros internautas”. 

O departamento do Ministério Público aconselha ainda a solicitar a identificação do anunciante ou da pessoa com que se estabelece contacto, bem como da identidade “do titular da conta bancária, que deverá coincidir com a do anunciante”. É importante verificar se o “eventual contacto móvel fornecido continua ativo”. 

O DCIAP adianta que já “foram identificados, em todo o país, inúmeros casos em que as pessoas pagaram o sinal para arrendamento de casa de férias” e que, quando “deslocaram ao local na data aprazada”, o imóvelnão existia, ou pertencia a outra pessoa desconhecedora da situação", ou já estava arrendado.