Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

IMT

Últimas notícias e informação sobre "IMT",Instituto da Mobilidade e dos Transportes, publicadas em idealista.pt/news Instituto da Mobilidade e dos Transportes

Vais comprar casa? Este simulador diz quanto pagarás de IMT

A decisão de comprar casa é uma das mais importantes que se toma ao longo da vida. Uma aquisição que nunca vem só, já que é preciso pagar, por exemplo, o IMT. Há um simulador que te pode ajudar a fazer contas.  

Notícia sobre:

Isenções de IMI e IMT acabam em Lisboa e Porto nos prédios com uso turístico

Em 2018, as isenções de Imposto Municipal sobre as Transações Onerosas (IMT) e de (Imposto Municipal sobre Imóveis) IMI para os prédios de utilidade turística deixaram de ser benefícios fiscais automáticos e passaram a depender da decisão individual de cada autarquia. Um benefício fiscal que agora cai em Lisboa e Porto.

Notícia sobre:

Impostos: um ano conturbado… e há mudanças à vista para 2019

À semelhança do que tinha acontecido em 2017, o ano de 2018 foi pródigo em notícias fiscais (também) relacionadas como o setor imobiliário. Para 2019 há mudanças no Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e no “irmão” Adicional ao IMI (AIMI), tendo a polémica “taxa Robles”, que queria penalizar com um imposto especial quem compra e vende num curto período temporal, alcançando lucros elevados, caído por terra. 

Notícia sobre:

... E fim da isenção de IMT para fundos de investimento imobiliário

No âmbito da votação na especialidade do Orçamento do Estado para 2019 (OE2019), foi aprovada no Parlamento esta terça-feira (27 de novembro de 2018) a revogação de um conjunto de normas para garantir que os fundos de investimento imobiliário (FII) perdem a isenção do Imposto Municipal sobre Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) e passam a pagar imposto sempre que compram um prédio para as suas carteiras. 

Notícia sobre:

Quarto arrendado ou em Alojamento Local? Atenção à fatura com o IMT

As casas compradas para habitação própria e permanente têm direito, por lei, a uma isenção fiscal na hora de pagar o IMT, por um período de seis anos. Mas o caso muda de figura se parte do imóvel é destinado para ser arrendado a estudantes ou turistas. Isto mesmo se o proprietário continuar a viver ali. Este é o entendimento da Autoridade Tributária e Aduaneira e implica, por exemplo, a devolução do benefício ao Estado.

Notícia sobre:

Fisco quer acabar com isenção de IMT nos fundos de investimento

Uma lei de 1987, que não foi revogada até então, continua a dar isenção de Imposto Municipal sobre Transmissões (IMT) aos fundos de investimento imobiliário (FII). Um cenário que, de resto, estará prestes a mudar. O Governo está a estudar a revogação desta lei “esquecida” para acabar de vez com o benefício fiscal.

Notícia sobre:

Receitas de Lisboa com IMT subiram mais de 250% desde a crise

O dinamismo que o setor imobiliário vive no país, e sobretudo em Lisboa, está a ajudar a engordar as contas das autarquias. No ano passado, a receita total do IMT atingiu 853,4 milhões de euros, um acréscimo de 30,2%, tendo havido 12 municípios onde este imposto subiu acima de 50%. Mas foi a câmara da capital que mais arrecadou: 224,5 milhões só em 2017.

Notícia sobre:

Lei “esquecida” faz com que fundos imobiliários mantenham isenção de IMT

A isenção de Imposto Municipal sobre Transmissões (IMT) dos fundos de investimento imobiliário, que se julgava estar extinta desde 2016, afinal mantém-se. Isto porque não foi revogada uma lei de 1987, o que acabou por manter o benefício fiscal. Os pedidos de devolução do imposto já ultrapassam os 20 milhões de euros.

Notícia sobre:

Estado arrecada 1.136 milhões com compra e venda de casas em 2017

A euforia em torno do setor imobiliário parece ter vindo para ficar em Portugal. Só no ano passado, o Estado arrecadou 1.136 milhões de euros com a compra e venda de casas. Trata-se de um novo recorde de impostos.

Notícia sobre:

Cofres das autarquias engordam com febre imobiliária

Os cofres das autarquias estão a “engordar” à custa das receitas conseguidas com a venda de imóveis, nomeadamente através do Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) e do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI). Estes dois impostos renderam, em 2017, cerca de 2,4 mil milhões de euros, mais 180 milhões de euros que no ano anterior.

Notícia sobre: