Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Pós-troika

Últimas notícias sobre "Pós-troika" publicadas em idealista.pt/news

Rumores do dia

Desemprego continuará alto no pós-Troika: Apesar da ligeira retoma económica vivida em Portugal, as taxas de desemprego continuarão altas, devido, sobretudo, ao desemprego estrutural, já que a maioria dos desempregados não tem as qualificações necessárias aos novos empregos que se estão a criar. No pós-Troika, 90% do desemprego é para ficar, escrever o Jornal de Negócios, referindo que em 2014 haverá mais 103 mil pessoas classificadas como desempregados estruturais que em 2010. (Jornal de Negócios)

Notícia sobre:

FMI diz que Portugal tem “boas razões” para sair com um programa cautelar

Um alto dirigente do Fundo Monetário Internacional (FMI) garantiu que a instituição se sente confortável com um cenário em que Portugal sai do programa de ajustamento com uma linha de crédito cautelar, uma opção que o Governo quis afastar durante muito tempo, mas que tem ganho força nas últimas semanas.

Notícia sobre:

Nova lei das pensões apresentada até julho

O Ministério das Finanças assegurou que a medida que vai substituir a Contribuição Extraordinária de Solidariedade (CES) ainda não está finalizada e só será discutida com a troika na 12ª avaliação, com vista à entrega de um projeto-de-lei ao Parlamento até ao final de julho.

Notícia sobre:

Quase 90% das famílias que pedem ajuda à Deco terminam em insolvência

A maioria das famílias que pede ajuda à Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor já se encontra numa situação financeira tão degradada que têm de ser reencaminhadas para insolvência. Em causa estão quase 90% dos agregados, que desta forma já não podem ser ajudados.

Notícia sobre:

Governo ainda tem de “ganhar” 700 milhões para cumprir défice

No Conselho de Ministros desta quinta-feira (dia 10), o Governo não fechou as medidas necessárias para baixar o défice para 2,5% no próximo ano, tendo agendada uma nova reunião extraordinária para terça-feira (dia 15). Segundo o Diário Económico, até ontem, o Executivo identificou poupanças no valor de mil milhões de euros, estando ainda a ser trabalhada a solução final para conseguir os restantes 700 milhões.

Notícia sobre:

Rumores

Notícia sobre: