Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

5 ilhas para descobrir em Portugal, Espanha e Itália

5 ilhas que deves conhecer em Portugal, Espanha e Itália
Escapa para uma ilha paradisíaca, aqui muito perto
Autor: Redação

O verão ainda não acabou e ainda tens tempo para preparar uma última escapadela ao sol, numa das ilhas mais bonitas de Portugal, Espanha e Itália.

Se queres umas mini férias de desconexão e isolamento total, descobre estas ilhas menos turísticas, perfeitas para quem quer relaxar. Aproveita as rotas de caminhada com paisagens espetaculares e, acima de tudo, não deixes de visitar todas as praias maravilhosas escondidas nestas ilhas. Faz as malas e prepara-te para viajar!

1. Ilha de Ísquia

Ilha de Ísquia
Wikimedia commons
No Golfo de Nápoles encontramos uma ilha que é tão bonita como Capri, mas que poucos turistas conhecem. Ísquia era um destino de férias muito popular para os antigos romanos, seduzidos pelos seus aromas e cores. Atualmente, muitos italianos conhecem esta ilha como "a ilha da serenidade" e prezam a hospitalidade dos seus habitantes e a sua espetacular natureza mediterrânea.

Uma das maiores atrações turísticas são a suas águas termais e existem vários "spa" onde podes desfrutar das mesmas. És fã de praia, então estes são os teus destinos: Sorgeto, Maronti e Sant'Angelo.

O que visitar em Ísquia:

  • Castello Aragonese, um castelo medieval no meio do mar. Atravessa a ponte e descobre o maior ponto turístico da ilha.
  • Monte Epomeo, a montanha mais alta da ilha, com quase 800 metros de altura, perfeita para os amantes de trekking.
  • Giardini termali Poseidon, termas onde podes passar todo o dia. Conta com praia privada, piscinas termais com águas entre os 30 e os 40º, piscinas interiores, restaurante, centro de bem-estar, etc.

O que comer em Ísquia:

  • Coniglio all’ischitana, um estufado de coelho à moda ischitana.
  • Spaghetto con le vongole, esparguete com amêijoas ou berbibão, preparados com azeite, alho e, por vezes, tomate.
  • Corneto caldo con amarena, um croissant quente com geleia de cereja preta.

Se estás à procura de alojamento na ilha, dá uma vista de olhos às casas de férias anunciadas em Rentalia.

2. Ilha de La Gomera

Ilha de La Gomera
Wikimedia commons
La Gomera é a ilha menos desenvolvida de todas as Ilhas Canárias em termos de turismo e foi declarada Reserva da Biosfera Mundial em 2012. Se no verão preferes evitar grandes multidões, La Gomera é o teu lugar.

A maioria dos turistas que visitam La Gomera são atraídos pela sua fascinante natureza, pelas suas florestas de louro, pelos seus caminhos de paisagens subtropicais de montanha e pelo contacto com as águas do Oceano Atlântico.

Uma visita ao Parque Nacional Garajonay é essencial para conhecer a parte mais selvagem da ilha. E, se gostas de praia, descobre a área de Valle Gran Rey, considerada a parte mais "turística" da ilha.

O que visitar em La Gomera:

  • Pico de Garajonay, a 1487 metros de altura, é o ponto perfeito para terminar uma boa caminhada. Aproveita para ver a paisagem desde o miradouro Alto de Garajonay.
  • Passa o dia numa das suas praias selvagens: Playa de La Caleta, de Santa Catalina, de Alojera, de Vueltas, de Argaga, del Medio, de la Guancha.
  • Vê golfinhos e baleias, contratando uma viagem em barco com uma das empresas que trabalham a partir de Valle Gran Rey.

O que comer em La Gomera:

  • Papas arrugadas con mojo de pimenta (picante) ou aromático (com coentros e salsa). As melhores batatas assadas que provarás na vida!
  • Gofio. Umas “papas” preparadas com gofio, uma farinha obtida do grão de cereais como milho e trigo.
  • Leche asada, uma espécie de flan, preparado diretamente no forno, sem banho-maria.

Encontra uma casa de férias em La Gomera e prepara-te para relaxar.

3. Ilha de Elba

Ilha de Elba
Pixabay
Conta-se que Napoleão descobriu a exuberante e cristalina ilha de Elba e não quis partir, porque se apaixonou pelo seu fantástico vinho, o Alleático. As vinhas deste vinho crescem nas margens do Mediterrâneo e recolhem o sabor do mar, conferindo-lhe um aroma excecional.

Esta bela ilha situada no Mar Tirreno tem uma beleza indiscutível, baseada numa mistura de mar e montanha. A maneira mais fácil de chegar a Elba é por ferry, a partir de Piombino. Uma vez na ilha não deixes de visitar Capoliveri, uma vila pitoresca com ruas estreitas, Porto Azul, com todos os seus barcos, e Portoferraio, onde encontrará as melhores praias da ilha.

O que visitar em Elba:

  • Praia de Fetovaia, uma praia de águas cristalinas com resorts, escolas de surf e parque de estacionamento, que não tem nada que invejar às praias das Caraíbas.
  • Marciana Marina, visita esta encantadora aldeia de pescadores, passeia pelo seu passeio marítimo e descobre a sua torre de vigilância do século XVI.
  • Monte Capanne, prepara-te para caminhar ou apanha o teleférico para conhecer o ponto mais alto do arquipélago toscano.

O que comer em Elba:

  • Panzanella Elbana, a salada perfeita para os dias quentes de verão. Preparada com atum, anchovas, croutons, tomates, pepinos, cebolas bebé, pimentos, manjericão e idealmente acompanhada por um copo de Elba Bianco DOC.
  • Riso al nero di seppia, arroz com tinta de choco. Um prato de lamber os dedos!
  • Schiaccia briaca, um bolo de Natal (mas que se pode encontrar todo o ano), ligeiramente levedado com nozes e passas, típico da ilha e, em particular, do Rio nell'elba.

Encontra o alojamento perfeito na Ilha de Elba em Rentalia.

4. Ilha de Formentera

Ilha de Formentera
Flickr/Creative commons
Sem dúvida, Formentera tem algo especial. Este paraíso não é uma ilha desconhecida, mas é muito menos movimentada do que os seus vizinhos no arquipélago das Baleares, porque não tem um aeroporto.

É complicado escolher uma única praia em Formentera, mas a praia de Ses Illetes é provavelmente a mais famosa, com águas azuis transparentes que parecem irreais.

Uma visita essencial a Formentera é o Farol do Cap de Barbaria, que ficou realmente famoso com o filme "Lucía e o sexo”. Vê o pôr do sol desde o farol e apaixona-te pela ilha de Formentera...

O que visitar em Formentera:

  • Desfruta das melhores vistas da ilha e das suas águas azuis, desde o miradouro de La Mola.
  • Aluga um barco e passa o dia em Esplamador, um ilhéu privado (mas que pode ser visitado) e protegido devido à sua importância ecológica, a norte da ilha.
  • Aproveita para fazer compras nos mercados artesanais que encontrarás por toda a ilha.

O que comer em Formentera:

  • Frita de pulpo, um refogado de polvo, batatas, pimentos e cebolas.
  • Sofrito payes, um guisado preparado com cordeiro, frango e batatas, condimentado com alho, salsa, sal, pimenta, canela em pó, cravo-da-índia e açafrão e cozido num caldo de carne.
  • Coca, é um produto artesanal típico de todas as regiões, que em Ibiza e Formentera tem algumas variedades, tais como, a coca de gató, coca de pebrera, coca de tomate, coca de sobrasada e coca de acelga.

Dá uma vista de olhos aos alojamentos de Rentalia e prepara a tua estadia em Formentera.

5. Ilha do Pico

Ilha do Pico
Wikimedia commons
Finalmente, se preferes "ir para fora cá dentro", o Pico pode ser o destino perfeito para escapar da confusão. A Serra do Pico, a montanha mais alta de Portugal, é um paraíso onde a natureza, a gastronomia e a hospitalidade ditam as regras. A Ilha do Pico mantém a autenticidade de uma ilha sem turismo de massa e as suas cores e sabores convidam a contemplar as suas paisagens de paz e tranquilidade.

As atividades mais famosas da ilha giram em torno da observação de golfinhos e baleias nas suas costas e na subida à montanha do Pico, para caminhantes experientes e sempre com bom calçado. Uma vez lá em cima, todo o esforço valerá a pena, graças às vistas espetaculares.

O que visitar no Pico:

  • Mergulha numa das muitas piscinas naturais que se encontram por toda a ilha, como por exemplo, as piscinas naturais de Criação Velha, as de São Roque do Pico, as de Lages do Pico ou as de Santa Luzia.
  • Passeia pelas suas aldeias pitorescas, como Madalena e Lages.
  • Descobre as vinhas vulcânicas da ilha, na montanha, que são um Património Mundial da UNESCO.

O que comer no Pico:

  • O queijo típico e delicioso de São João, com casca amarela, o cheiro intenso e interior macio, produzido a partir de leite de vaca.
  • Todo o peixe e marisco que queiras (e possas comer). Escolhe entre lapas, lagostas, caranguejos, cavacos e santolas, com um sabor único.
  • Se gostas de terminar a refeição com uma bebida doce, pede uma Aguardente de Figo ou de outros frutos locais, destiladas em alambiques de cobre velho.

Encontra uma casa de férias no Pico, em Rentalia.