Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

deco alerta para subida nas comissões com crédito à habitação

lei permite que bancos alterem as comissões ao longo da relação contratual
Autor: Redação

a maioria dos consumidores que contraiu um crédito à habitação está a pagar comissões de processamento de prestação que acabam por encarecer o encargo financeiro. “várias são as comissões aplicadas pelos bancos: umas pagam-se no início, outras no fim e há ainda as que se pagam ao longo do processo”, afirma a associação de defesa do consumidor (deco) após um estudo realizado junto das várias instituições financeiras a actuar no mercado português

segundo o i online, que cita as contas feitas pela deco, só no último ano, os bancos que estão a cobrar as comissões de processamento de prestação aumentaram, em média, em 8,3% os custos, o que representa “um valor muito acima da inflação”. isto significa que, se estes aumentos continuarem a aplicar-se, os encargos para o consumidor vão subir de forma considerável

a deco defende a criação de um tecto  máximo para evitar custos sem controlo e lembra que, actualmente, a legislação permite que as instituições bancárias alterem as comissões ao longo da relação contratual, o que acaba por penalizar financeiramente os clientes. segundo o mesmo estudo, nos últimos cinco anos, alguns bancos efectuaram uma série de alterações nas comissões de processamento de prestações