Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Taxa de juro no crédito à habitação sobe em janeiro. E prestação também...

Gtres
Gtres
Autor: Redação

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação aumentou de 1,019% em dezembro de 2017 para 1,024% em janeiro de 2018. Diminuiu, no entanto, nos contratos celebrados nos últimos três meses, para 1,595%. No que diz respeito à prestação média vencida, subiu um euro em relação ao mês anterior, fixando-se em 240 euros. 

“Para o destino de financiamento Aquisição de Habitação, o mais relevante no conjunto do crédito à habitação, a taxa de juro implícita para o total dos contratos foi 1,045%, 0,4 pontos base superior ao observado no mês anterior. Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro para este destino de financiamento passou de 1,631% em dezembro de 2017 para 1,588% no mês seguinte”, lê-se no site do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Relativamente ao capital médio em dívida para a totalidade dos contratos, aumentou 38 euros em janeiro face a dezembro de 2017, atingindo o valor de 51.728 euros.

“Para os contratos celebrados nos últimos três meses, o montante médio do capital em dívida subiu de 93.788 em dezembro de 2017, para 94.049 euros”, conclui o INE.