Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Ranking FT: quatro das melhores escolas de gestão da Europa são portuguesas

Scott Webb/Unsplash
Scott Webb/Unsplash
Autor: Redação

Nova, Católica, Porto Business School e ISCTE continuam a conseguir lugar no ranking das melhores escolas de gestão europeias do Financial Times (FT). Todas registaram pior classificação em 2018 que em 2017, à exceção do ISCTE, que subiu 23 posições na tabela. Portugal já é, de resto, o 5º país com o maior número de escolas representadas, a par da Holanda.

A Católica Lisbon School of Business and Economics é a mais bem posicionada no ranking do FT, que avaliou 95 escolas de gestão em toda a Europa. Caiu duas posições na tabela, em relação ao ano passado, e aparece em 28º lugar. É por isso considerada, em 2018, a melhor escola de negócios a nível nacional. A Nova SBE, universidade do recém-inaugurado Campus de Carcavelos, ficou pelo 30.º lugar, registando uma queda de duas posições.

"Para além da posição que ocupamos nos rankings, que muito nos honra, é motivo de grande orgulho verificar o impacto positivo daquilo que fazemos, e como a excelência e a qualidade do ensino e investigação da nossa Escola, são rampa de lançamento de um brilhante futuro profissional dos nossos alunos, o que nos torna também na sua primeira escolha para formação enquanto Executivos", disse Nuno Fernandes, diretor da Católica, citado pelo Diário de Notícias.

Já Daniel Traça, diretor da Nova SBE, adiantou ao Negócios que "a mudança para o novo campus, em Carcavelos, promete um futuro de melhoria, um futuro que irá reforçar a nossa principal missão de atrair talento, produzir e partilhar conhecimento". 

ISCTE escala 23 lugares

O ranking conta ainda com a presença de mais duas escolas portuguesas. A Porto Business School, que aparece em 62.º lugar e o ISCTE, que conquistou a 63 ª posição. Esta última instituição deu um salto no último ano, registando uma subida de 23 lugares – em 2017 aparecia em 80º lugar.  

“Esta distinção culmina um ano de sucesso ao nível dos FT Rankings, depois da escola ter alcançado, em junho, a 27ª posição na lista dos melhores Mestrados em Finanças e, em setembro, a 77ª posição na lista dos melhores Mestrados em Gestão", lê-se numa nota do ISCTE, citada pelo DN.