Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Março traz ligeira subida na prestação da casa paga ao banco

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Neste mês de março, a prestação paga aos bancos pelos clientes com crédito à habitação com taxas variáveis, vai registar um ligeiro aumento, em relação às mais recentes revisões. A maior subida sente-se nos contratos indexados à Euribor a seis meses - a mais utilizada em Portugal, seguida da taxa a três meses, que este mês também fica mais alta, ainda que menos.

Desta forma, um cliente com um empréstimo no valor de 150 mil euros a 30 anos, indexado à Euribor a seis meses com um 'spread' (margem de lucro do banco) de 1%, paga a partir de março 466,64 euros, o que significa mais 2,36 euros face à última revisão da prestação, em setembro, segundo cálculos feitos para a agência Lusa pela Deco/Dinheiro&Direitos.

Tendo um financiamento nas mesmas condições, mas indexado à Euribor a três meses, o cliente passará a pagar 461,53 euros, neste caso mais 0,53 euros do que o pago em dezembro.

Em fevereiro de 2019, a média da taxa Euribor a seis meses foi de -0,232% e a média da taxa a três meses de -0,308%, em ambos os casos em terreno negativo, recorda a agência de notícias.

Se estás a pensar em contratar um empréstimo para a compra de casa, o melhor mesmo é fazeres as contas a quanto te vai custar, neste simulador do idealista.