Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Bancos emprestaram 2,351 mil milhões para a casa em três meses – em março foram 870 milhões

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Os empréstimos concedidos pelos bancos a particulares para a compra de casa aumentaram em março para os 870 milhões de euros, invertendo a trajetória descendente dos dois meses anteriores. Nos primeiros três meses do ano foram concedidos 2,351 mil milhões de euros de novos créditos à habitação, mais que no período homólogo.

Os dados divulgados esta terça-feira (14 de maio de 2019) pelo Banco de Portugal (BdP) mostram que os bancos estão a dar sinais de que estão disponíveis para financiar a aquisição de casa: em março foram concedidos 870 milhões de euros, mais que os 734 milhões de euros de fevereiro e que os 747 milhões de euros de janeiro – e um pouco menos que os 876 milhões de euros concedidos em março de 2017.

Desde o início do ano foram já emprestados 2,351 mil milhões de euros de novos créditos à habitação, valor superior aos 2,186 mil milhões de euros concedidos no mesmo período (o primeiro trimestre) do ano passado.

Em março deste ano, de acordo com a informação divulgada pelo BdP, a taxa de juro média do crédito a particulares para compra de habitação diminuiu um ponto base, para 1,36%.