Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Empréstimo para a casa

Últimas notícias sobre "Empréstimo para a casa" publicadas em idealista.pt/news

O que é a avaliação da casa no crédito habitação?

São muitos os portugueses que pedem dinheiro emprestado ao banco para comprar casa. O crédito habitação é, de resto, um negócio que está a respirar confiança, mesmo em tempos de pandemia da Covid-19. Um dos passos inerente ao processo de crédito habitação é a avaliação do imóvel. No artigo desta semana da Deco Alerta explicamos tudo sobre este passo crucial na hora de comprar casa com recurso a financiamento bancário. Toma nota.

Notícia sobre:

Juros no crédito habitação em queda – e prestação média sobe 1 euro

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito habitação desceu para 0,792% em agosto, face a 0,800% no mês anterior, revelou esta segunda-feira (20 de setembro de 2021) o Instituto Nacional de Estatística (INE), salientando que nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro foi 0,689% (0,674% no período precedente).

Notícia sobre:

Qual é o crédito habitação mais barato?

Será esta a altura certa para pedir dinheiro emprestado ao banco para comprar casa? Uma coisa é certa, o negócio do crédito habitação respira confiança: a guerra dos spreads está ao rubro e os bancos continuam a mostram disponibilidade para financiar a aquisição da casa. Há, no entanto, conselhos a ter em conta antes de pedir um crédito habitação. Importa, desde logo, saber qual é o crédito habitação mais barato. Ajudamos-te nesta escolha, uma decisão que é quase sempre para a vida.

Notícia sobre:

Crédito à habitação: Novo Banco oferece diversidade de produtos

O negócio do crédito à habitação vai de vento em popa em Portugal, com os bancos a mostrarem disponibilidade para financiar a compra de casa – e também a avaliação bancária para efeitos de concessão de crédito à habitação está em máximos. Hoje falamos sobre a oferta do Novo Banco (NB), na rubrica crédito à habitação do mês - em que vamos mostrando as principais condições oferecidas por vários bancos e instituições financeiras especialistas na concessão de empréstimos para a compra de casa em Portugal.

Notícia sobre:

Novo crédito à habitação em alta: bancos emprestaram 1.295 milhões em junho

Os bancos continuam a mostrar disponibilidade para financiar a compra de casa em 2021. Em junho, o volume de novas operações de crédito à habitação totalizou 1.295 milhões de euros, menos que no mês anterior (1.314 milhões), mas mais que no período homólogo (833 milhões). Trata-se de um dos valores mais elevados dos últimos anos, segundo dados divulgados esta segunda-feira (2 de agosto de 2021) pelo Banco de Portugal (BdP).

Notícia sobre:

Avaliação bancária de casas sempre a subir – atinge 1.215 euros por m2

A escalada do valor mediano de avaliação bancária das casas para efeitos de concessão de crédito à habitação parece não ter fim à vista. Em junho de 2021, fixou-se em 1.215 euros por metro quadrado, tendo aumentado três euros face a maio e 97 euros face ao período homólogo, segundo dados do INE.

Notícia sobre:

Crédito à habitação: total dos empréstimos cai pela primeira vez desde dezembro de 2019

O total de empréstimos concedidos para efeitos de crédito à habitação baixou em junho para 94.793,9 milhões de euros. Trata-se do primeiro recuo desde dezembro de 2019, sendo este o valor mais baixo desde dezembro de 2020, segundo o Banco de Portugal.

Notícia sobre:

É bom momento para transferir o crédito à habitação?

A situação atual da Euribor, bem como a guerra entre bancos para atrair mais clientes, faz com que este possa ser um bom momento para tratar da transferência do crédito à habitação. Mas sabes realmente que vantagens existem ao fazê-lo? E mais: sabes o que é uma transferência de crédito à habitação? Explicamos tudo sobre este tema com a ajuda dos especialistas do idealista/créditohabitação.

Notícia sobre:

Novo crédito à habitação ao rubro: bancos emprestaram 5.883 milhões até maio

O negócio do crédito à habitação está ao rubro em 2021. Entre janeiro e maio, os bancos concederam 5.883 milhões de euros para a compra de casa, o valor mais elevado desde 2008.

Notícia sobre: