Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Revalidar a carta de condução sem filas e com desconto? Sim, é possível...

Autor: Redação

O novo site do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) começa agora a funcionar em janeiro de 2017 e permite que possas revalidar a carta de condução de uma forma mais fácil, rápida e barata. A partir de agora, este processo burocrático, que costumava implicar longas filas de espera, pode ser feito através da internet e com um desconto de 10% face aos 27 euros que custa atualmente o serviço.

Esta medida faz parte do programa Simplex e apresentada pelo Governo após o último Conselho de Ministros de 2016. As credenciais necessárias para aceder ao site do IMT serão as mesmas para entrar no Portal das Finanças, ou seja, NIF e password das Finanças, ou cartão de cidadão e PIN. 

Morada e atestado médico com novas regras

O desaparecimento da morada da face do cartão é outra das novidades anunciadas. O endereço, segundo conta o ECO, vai passar a ser o que consta no cartão de cidadão, assim como a fotografia do condutor e a assinatura. Isto significa, que a renovação da carta por alteração de morada do titular deixa de ser obrigatória.

Por outro lado, o atestado médico do condutor, necessário para a emissão da nova carta de condução, passará também a ser enviado direta e eletronicamente do Ministério da Saúde ao IMT. E para condutores habilitados a partir de 30 de julho deste ano, a revalidação já só será feita de 15 em 15 anos, sem atestado médico até aos 60 anos de idade. Continua, porém, a ser obrigatória a revalidação aos 60 anos, aos 65 e aos 70, com atestado médico. A partir daí, a validação tem de ser feita de dois em dois anos.