Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Clientes do Santander impedidos de receber montantes investidos em moedas virtuais

Gtres
Gtres
Autor: Redação

A Deco-Associação de Defesa do Consumidor recebeu várias queixas de clientes do Santander que se viram impedidos de receber nas suas contas os montantes em euros investidos em moedas virtuais. Em causa estão transferências oriundas de plataformas como a Coinbase, que está autorizada, contudo, pelo Banco de Portugal (BdP).

A associação, segundo avança o Dinheiro vivo, já pediu informações sobre os motivos de recusa do banco receber transferências em euros com origem em negócios ligados a criptomoedas. “Estamos a analisar, mas ainda não dispomos de informação, precisamos de saber em que o banco se baseia, para então termos uma posição”, disse uma porta-voz da Deco. “Contactámos o Santander nesse sentido e aguardamos os respetivos esclarecimentos”, sublinhou.

Houve clientes a procurar alternativas para conseguir realizar aquelas transferências em euros, nomeadamente a abrir contas em outros bancos. O Santander não revelou, até ao momento, as razões que estarão por detrás deste bloqueio.