Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Santander Totta

Últimas notícias sobre "Santander Totta" publicadas em idealista.pt/news

Santander (também) vai dar moratória de 6 meses no crédito ao consumo e à habitação

O Santander juntou-se ao BPI e à Caixa Geral de Depósitos (CGD) na concessão de moratórias nos empréstimos às famílias e pequenas e médias empresas, para fazer face à crise provocada pelo surto do novo coronavírus. Em causa está uma moratória de 6 meses para o crédito ao consumo e à habitação e de 12 meses para as empresas.

Notícia sobre:

Morreu o presidente do Santander Totta: Vieira Monteiro será a segunda vítima do Covid-19 no país

O presidente do Santander Totta morreu, aos 73 anos, infetado com o novo coronavírus, segundo confirmaram fontes próximas do banco ao idealista/news. António Vieira Monteiro era presidente do conselho de administração do banco de origem espanhola em Portugal desde 2019 e foi CEO entre 2012 e 2018.

Notícia sobre:

Avignon Capital e York Capital pagam 22 milhões ao Santander por edifício em Lisboa

O imobiliário em Portugal continua a aguçar o apetite dos investidores estrangeiros. Na reta final de 2019 foi fechada mais uma operação no segmento de escritórios que agora foi comunicada ao mercado: a britânica Avignon Capital e a norte-americana York Capital Management juntaram-se para comprar um edifício ao Santander Totta, em Lisboa. E pagaram 22,3 milhões de euros pelo imóvel, que a partir de março de 2020 vai ser alvo de uma remodelação profunda.

Notícia sobre:

Edifício dos Leões – sede do banco Santander – abre como novo espaço cultural em Lisboa

O banco Santander transformou o seu emblemático edifício sede de origem pombalina – localizado no nº 88 da Rua do Ouro, em Lisboa – num espaço cultural que acolherá obras de arte muito relevantes do seu espólio, bem como exposições temporárias. O Edifício dos Leões já abriu ao público, tendo sido inaugurado com a exposição “Lar Doce Lar”, da artista plástica Joana Vasconcelos.

Notícia sobre:

Santander entra na corrida dos baixos spreads, mas oferta de 1% apenas para alguns clientes

A guerra de spreads no crédito à habitação continua ao rubro. De uma forma ou outra, os bancos vão baixando as margens cobradas nos empréstimos para a compra de casa. Agora foi a vez do Santander Totta anunciar que vai ter um spread mínimo de 1%, igualando a oferta à do espanhol Bankinter - que tem a proposta mais barata do mercado. Mas neste caso o spread mais baixo não é para todos.

Notícia sobre:

Lei de Bases da Habitação vai levar a "spreads muitíssimo mais altos e menos crédito"

"Se a Lei de Bases da Habitação avançar, vai acabar com o mercado de crédito à habitação”. Esta é a convicção do presidente do Santander Totta, Pedro Castro e Almeida.

Notícia sobre:

Guerra de spreads aquece: Santander contra-ataca com taxa mais baixa dos grandes bancos

O Santander Totta protagoniza o último movimento na guerra de spreads que se vive no mercado de crédito à habitação em Portugal. A instituição de base espanhola oferece agora a taxa mais baixa entre os cinco grandes bancos.

Notícia sobre:

Bancos estão a cobrar AIMI a contratos de leasing inferiores a 600.000 euros

Há bancos, entre eles a CGD, que estão a cobrar o Adicional ao Imposto Municipal sobre Imóveis (AIMI) a clientes de leasing imobiliário cujos imóveis tem um Valor Patrimonial Tributário (VPT) inferior a 600.000 euros, limiar a partir do qual passou a ser aplicado o novo imposto.

Notícia sobre:

IFRRU 2020: Santander recebeu 200 intenções de investimento num montante superior a 414 milhões

O Santander Totta tem em análise 200 intenções de financiamento ao abrigo do programa IFRRU 2020 – Instrumento Financeiro para a Reabilitação e Revitalização Urbanas, num montante superior a 414 milhões de euros.

Notícia sobre:

Santander Totta financia primeiro projeto de reabilitação realizado no âmbito do IFRRU 2020

O primeiro projeto de reabilitação urbana realizado no âmbito do IFRRU 2020 vai ser financiado pelo Santander Totta. Trata-se da reabilitação integral de um edifício localizado na freguesia de Santa Maria Maior, no Funchal (Madeira), que vai custar 645.000 euros e que deverá ficar concluído até junho.

Notícia sobre: