Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Reforma de Vitor Constâncio poderá chegar aos 25.000 euros

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Vítor Constâncio, ainda vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), poderá vir a receber uma reforma de 25.000 euros. Depois de deixar o cargo, em maio, Constâncio vai somar a pensão do BCE àquela a que tem direito como reformado do Banco de Portugal (BdP).

A reforma que o ex-governador do BdP vai receber do BCE deverá rondar mais de 16.000 euros, o equivalente a 70% do seu último salário, de acordo com o Correio da Manhã. A este valor, que será calculado de acordo com as regras de pensões do BCE, juntar-se-ão outros 9.000 euros a que tem direito como reformado do BdP.

Segundo as contas da publicação, Constâncio terá recebido cerca de 2,5 milhões de euros em salários enquanto vice-presidente do BCE. O matutino avança ainda que este poderá renunciar ao pagamento mensal da reforma do BCE e optar por receber as prestações que lhe são devidas de uma só vez.