Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

O bom momento da economia portuguesa à lupa: cresce mais que o previsto desde 2016

Jornal de Negócios
Jornal de Negócios
Autor: Redação

O PIB aumentou em volume 3,5% em 2017 e 2,4% em 2018, atingindo 203.896 milhões de euros no ano passado. Em causa está a atualização de estatísticas feita esta segunda-feira (23 de setembro de 2019) pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), que mostra que houve mais crescimento económico durante a atual legislatura que o anteriormente calculado.  

“Em conformidade com o respetivo calendário de divulgação, são hoje [ontem] disponibilizadas Contas Nacionais anuais finais para 2017 e provisórias para 2018, tendo como referência a base 2016, que substitui a anterior base 2011. O crescimento do PIB em 2017 situou-se em 3,5% em volume, sendo de destacar o elevado crescimento do
Investimento (11,9%). Em 2018, o PIB aumentou 2,4% em volume, mantendo-se o Investimento como a componente mais dinâmica (crescimento de 6,2%)”, refere o INE.

A entidade conclui que face aos “resultados anteriormente divulgados para 2017 e 2018, as Contas Nacionais agora disponibilizadas revelam um maior crescimento económico embora se mantenha a indicação de aceleração em 2017 seguida de abrandamento em 2018”. 

Os dados agora revelados pelo INE permitem concluir que em 2016 o PIB cresceu 2%, acima dos 1,9% anteriormente estimados. Já em 2017 aumentou 3,5%, mais sete décimas que os 2,8% anteriormente calculados e que já eram o maior crescimento da economia portuguesa desde o início deste século. Para 2018, o crescimento também foi revisto em alta, passando de 2,1% para 2,4%.