Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Ciberataques aumentam 15% na Black Friday: aviso a consumidores e às plataformas de comércio online

Além das famílias de 'malware' Zeus, Betabot e Cridex Gozy (as mais conhecidas), apareceram mais duas, a Anubis e Gustuff.

Photo by Daniel von Appen on Unsplash
Photo by Daniel von Appen on Unsplash
Autor: Redação

Muitas lojas já arrancaram com a febre louca dos descontos, que chega em força na “sexta-feira negra”, 29 de novembro de 2019. As promoções da Black Friday podem mesmo ser atrativas, mas é preciso redobrar os cuidados, sobretudo na hora de fazer compras online. O aviso é para consumidores, mas também para as plataformas de comércio eletrónico: um estudo da multinacional de cibersegurança Kaspersky revelou que os ciberataques aumentaram 15% em comparação ao ano passado.

De acordo com o estudo da Kaspersky, citado pelo Dinheiro Vivo, houve 15 famílias de malware financeiro a atacar os utilizadores de algumas das marcas mais conhecidas desde o início do ano. Além das famílias Zeus, Betabot e Cridex Gozy (as mais conhecidas), apareceram mais duas, a Anubis e Gustuff.

Qual o objetivo dos ataques? Ter acesso a logins, palavras-passe, cartões bancários e contactos dos consumidores. A Kaspersky aconselha todos os consumidores a ficarem atentos, alertando ainda as plataformas de comércio online para a necessidade de redobrar esforços neste tipo de épocas em prol da segurança dos seus clientes.