Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Aviões “desaparecem” dos céus de Portugal e do mundo

https://www.flightradar24.com/16.13,-1.23/3
https://www.flightradar24.com/16.13,-1.23/3
Autor: Redação

Os danos colaterais da pandemia do novo coronavírus fazem-se sentir um pouco por todo o mundo e em vários setores. E são (bem) visíveis em terra e no ar. Ir à janela e avistar um avião ou ouvir o ruído de um gigante dos céus a passar por cima de nós (no caso de quem vive em Lisboa) parece agora ser tarefa quase impossível. E, já sa sabe, há imagens que valem mais que mil palavras.

Esta que agora te mostramos (ver em cima) foi retirada esta manhã (dia 7 de abril de 2020) do site Flightradar24, que acompanha em tempo real aquilo que se passa “lá em cima”, e permite concluir que os céus estão muito mais “vazios”, tendo o tráfego aéreo recuado bastante.

A redução de tráfego aéreo, se por um lado, está a ter efeitos negativos na economia global, está por outro lado a ajudar à melhoria dos níveis de poluição, impactando, por sua vez, o clima. E se isso ao cidadão "normal" hoje, em período de confinamento, pode não interessar tanto de forma direta, é relevante para setores como a agricultura, e consequentemente, a todos nós, na hora de abastecimento de alimentos por exemplo. Impacta também o setor da energia, pelas fontes utilizadas: solar, hídrica, eólica, etc.

https://www.flightradar24.com/16.13,-1.23/3
https://www.flightradar24.com/16.13,-1.23/3
https://www.flightradar24.com/16.13,-1.23/3
https://www.flightradar24.com/16.13,-1.23/3