Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Máscara passa a ser obrigatória no local de trabalho a partir de hoje

A máscara já é obrigatória nos transportes públicos, em todos os recintos de espetáculos, em todos os espaços e locais fechados no geral, e também na via pública.

Photo by engin akyurt on Unsplash
Photo by engin akyurt on Unsplash
Autor: Redação

O uso de máscara no local de trabalho passa a ser obrigatório a partir desta terça-feira, 24 de novembro de 2020, exceto quando os postos de trabalho são isolados ou quando haja separação física entre diferentes postos. Esta é uma das várias medidas do renovado estado de emergência, que se irá prolongar no país durante pelo menos mais 15 dias. “Também no trabalho se transmite o vírus e também no trabalho a máscara protege da transmissão do vírus”, justificou o primeiro-ministro, António Costa, na conferência de imprensa do passado sábado.

A máscara começou por ser obrigatória nos transportes públicos, em todos os recintos de espetáculos, em todos os espaços comerciais, bem como, em “locais fechados em que haja um elevado número de pessoas” desde abril. Depois, e já recentemente, em outubro, passou a ser obrigatória na via pública “sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável”.

O Governo viu-se agora forçado a apertar as medidas para travar o ritmo de contágios da Covid-19 no país e decidiu alargar a medida, também, aos espaços de trabalho. “Generalizamos agora o uso obrigatório da máscara nos locais de trabalho, salvo se forem isolados ou haja separação física entre os diferentes postos de trabalho”, afirmou o governante.

O primeiro-ministro anunciou ainda que será reforçada a fiscalização ao teletrabalho, isto porque tem-se verificado “um grande incumprimento” em casos em que este tipo de trabalho é possível. Uma situação que não estará a contribuir para combater de forma eficaz ao aumento do número de infeções por Covid-19, segundo Costa.