Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Consumo de energias renováveis em Portugal atinge 30,6% em 2019 – mais que a média europeia

Eurostat
Eurostat
Autor: Redação

O consumo final bruto de energia proveniente de fontes renováveis em Portugal atingiu 30,6% em 2019, um valor superior ao verificado na média dos países da União Europeia (UE): 19,7%. Em causa estão dados revelados recentemente pelo Eurostat.

Segundo o gabinete de estatísticas da UE, Portugal ocupa o sétimo lugar do ranking, que é liderado pela Suécia (56,4%). Finlândia e Letónia completam, por esta ordem, o pódio com 43,1% e 41%, respetivamente.

De referir que Portugal tinha, em 2010, um consumo de 24,1% de fontes de energia renováveis, um valor que aumentou para 24,6% em 2011. Diminuiu ligeiramente para 24,5% em 2012, mas voltou a subir em 2013, para 25,7 %. O maior crescimento aconteceu em 2014, para 29,5%. Em 2015 foi de 30,5%, em 2016 de 30,8%, em 2017 de 30,6%, em 2018 de 30,2% e agora, em 2019, de 30,6%.