Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Como superar um período de crise financeira? Estes 6 A’s são a solução

A falta de organização financeira aliada a uma situação de crise podem desencadear uma situação de bola de neve.

Como superar um período de crise financeira? Estes 6 A’s são a solução
Photo by Karolina Grabowska from Pexels
Autor: Redação

Nesta crise originada pela pandemia Covid-19, as moratórias de crédito que foram colocadas à disposição dos portugueses têm permitido que milhares pessoas (e empresas) consigam cumprir as suas responsabilidades bancárias. Contudo estas moratórias irão terminar no final de setembro. Com ou sem acesso a moratórias, a realidade é que existe uma grande fatia da população que se encontra numa situação financeira frágil.

Neste artigo, preparado pelo Contas €m Dia para o idealista/news, percebemos que independentemente dos rendimentos, todas as pessoas procuram alcançar um nível de estrutura económica que lhes permita ter segurança financeira para fazer face aos imprevistos e às situações de crise.

A falta de organização financeira aliada a uma situação de crise (que pode ter origem externa, como uma pandemia, ou origem pessoal, como um divórcio, desemprego ou um problema de saúde mais complexo) podem desencadear uma situação de bola de neve, causando um grande transtorno nas finanças pessoais. 

Ninguém tem capacidade de prever a próxima crise, mas é possível estar preparado da melhor forma para os imprevistos. A resposta está num planeamento financeiro adequado à realidade de cada um. Isto pode ajudar a prevenir muitas dores de cabeça.

Ninguém tem capacidade de prever a próxima crise, mas é possível estar preparado da melhor forma para os imprevistos. A resposta está num planeamento financeiro adequado à realidade de cada um. Isto pode ajudar a prevenir muitas dores de cabeça. 

O planeamento financeiro não evita imprevistos. Permite sim aumentar as probabilidades de estar preparado e superar imprevistos ou situações de crise. 

Deixamos aqui os 6 A’s para pôr em cima da mesa quando se aperceber que uma crise está a caminho:

  • Antecipar: Qual é o valor da prestação após o término da moratória? Ter um fundo de emergência é essencial. É ter o descanso que se alguma coisa acontecer, existe fundo de maneio suficiente para fazer face às despesas fixas. Também é importante perceber de que seguros e coberturas se é beneficiário. Será que faz sentido contratar um novo seguro para alguma situação em concreto?
  • Avaliar: Faz uma avaliação antes de agir. Não agir de cabeça quente e precipitadamente. Analisar os prós e os contras de uma tomada de decisão é fundamental.
  • Alternativas: Considerar novos cenários, é importante ter a cabeça aberta! Reinvente a realidade: mudar de profissão, mudar de cidade ou de hábitos de consumo. Já diz o ditado que “a necessidade aguça o engenho” e os portugueses são excelentes na arte de encontrar uma solução. 
  • Agir: Não basta ter pensamento positivo. É necessário agir de forma positiva.
  • Assumir (responsabilidade e não a culpa): Numa situação de crise muitas vezes cai-se no erro de tentar encontrar um culpado. Fugir desses pensamentos é essencial. Assumir que não controlamos tudo, mas temos o poder de controlar a forma como lidamos com a crise! 
  • Aprender: Só aprende quem muda! Ter consciência de que o inesperado pode acontecer. Enfrentar o inesperado será sempre uma lição.

Já diz o ditado chinês: “A melhor época para plantar uma árvore foi há 20 anos atrás; o segundo melhor tempo é agora”. 

A pandemia bateu à porta e as suas finanças pessoais estão desorganizadas? 

É o momento certo para começar as organizar e ter todas as Contas €m Dia!

Como superar um período de crise financeira? Estes 6 A’s são a solução
Contas €m Dia