Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Portugal precisa de 15,2 mil milhões de euros em 2015

Gtres
Gtres
Autor: Redação

As necessidades de financiamento de Portugal para 2015 situam-se nos 15,2 mil milhões de euros, dos quais 4,3 mil milhões serão para financiar o défice orçamental e 8,1 mil milhões para amortizar dívida, de acordo com a última apresentação aos investidores do Instituto de Gestão do Crédito Público (IGCP).

Destes 8,1 mil milhões de euros que o Estado terá de usar para reembolsos, a maior parcela, de 7,6 mil milhões, será canalizada para títulos do tesouro e 500 milhões serão para devolver ao Fundo Monetário Internacional (FMI), cujo empréstimo começará a ser devolvido em 2015, segundo noticia a Lusa.

Para o final deste ano, a instituição liderada por Cristina Casalinho antecipa uma 'almofada financeira' de 9,4 mil milhões de euros, dos quais 2,5 mil milhões são parte da verba do resgate internacional que ficou consignada à banca e que não foi utilizada. No entanto, este valor só poderá ser usado se o sistema financeiro português não precisar de ser recapitalizado.