Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Radiografia do dia: O rasto do dinheiro aplicado pelos portugueses em dívida pública?

Autor: Redação

Em janeiro, os portugueses subscreveram 1.941 milhões de euros em certificados de aforro e do tesouro. Trata-se de um valor histórico que é explicado pelo anúncio de corte das taxas de remuneração, já em vigor no corrente mês.

Segundo o Público, no último ano, o valor de dívida pública subscrita por particulares passou de 12.479 milhões para 19.131 milhões de euros, subindo cerca de 50%. Em valores absolutos, os portugueses nunca tiveram tantas poupanças aplicadas em títulos de dívida pública. A grande aposta tem sido nos certificados do tesouro, que triplicaram no espaço de um ano, passando de 2.237 milhões para 6.519 milhões de euros.