Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Lisboa: dono da Altice doa um milhão de euros para construção de Museu Judaico

Aqui vai nascer o Museu Judaico de Lisboa, em Alfama (foto de 2011 do Público)
Autor: Redação

A construção do Museu Judaico de Lisboa, um projeto que há muitos anos está na prateleira, vai mesmo a avançar, tendo a Câmara Municipal de Lisboa (CML) já confirmado que o espaço abre portas em 2017 em Alfama. Novidade é o facto da fundação do patrão da Altice, Patrick Drahi, dono da PT, apoiar a construção do imóvel com um milhão de euros, um terço do custo do projeto.

Citada pelo Público, fonte da empresa francesa confirmou a doação, mas não a verba avançada pelo jornal Expresso, dois milhões de euros. Segundo o semanário, o patrão da PT terá contactado a autarquia a oferecer a sua comparticipação, exigindo apenas como contrapartida a atribuição do nome da Fundação Patrick e Lina Drahi a uma ala do museu.

O projeto de construção de um Museu Judaico em Lisboa remonta ao mandato do atual ministro da Cultura, João Soares, que presidiu à autarquia entre 1995-2002. Mas foi já no consulado de António Costa, em 2013, que foi escolhido o terreno – camarário –, em Alfama, para a implantação do museu, escreve o Público.