Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Campus de Justiça de Lisboa vendido a investidores estrangeiros por 223 milhões

Autor: Redação

O Campus de Justiça de Lisboa tem novos proprietários. Este ativo imobiliário estava nas mãos do fundo de base nacional Office Park Expo, que acaba de ser vendido por 223 milhões de euros, a um fundo internacional. O portfólio integra ainda o edifício onde funciona um supermercado El Corte Inglés, dois estacionamentos e um núcleo de postos de transformação de energia.

O veículo que foi comprado nas últimas semanas era participado pelo fundo de pensões da Caixa Geral de Depósitos (CGD), pelo fundo de estabilização financeira da Segurança Social e a Fundação Calouste Gulbenkian (o único privado no consórcio), sendo que todos venderam as suas posições no âmbito desta operação, segundo escreve o Jornal de Negócios.

Constituído em 2002,  o fundo Office Park Expo contava com estes quatro membros, desde a saída do Banco de Portugal em 2013.  

Com uma área de 182 mil metros quadrados, o portfólio agora vendido corresponde, na prática, a cinco ativos e era gerido pela Norfin - Sociedade Gestora de Fundos de Investimentos Imobiliários.

O ativo mais emblemático desta carteira é o Campus de Justiça de Lisboa, que está arrendado ao Instituto de Gestão Financeira e Patrimonial da Justiça (organismo do Ministério da Justiça) por cerca de um milhão de euros por mês.

 O balanço apresentado em dezembro de 2015, citado pelo diário, aponta para um preço de aquisição de 204 milhões de euros, sendo que no final desse mês, os ativos estavam avaliados em 223 milhões de euros.