Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Freeport renasce após investimento de 20 milhões e quer crescer 20% num ano

Freeport
Freeport
Autor: Redação

O Freeport Lisboa Fashion Outlet, em Alcochete, tem uma cara nova. Aliás, uma cara renovada. Isto depois de ter investido cerca de 20 milhões de euros para transformar aquele espaço comercial no "melhor destino de compras de moda da região de Lisboa". O espaço soma agora mais 35 lojas, entre as quais se destacam marcas como Furla, Elisabetta Franchi, Tous, Timberland, Calvin Klein Jeans e Underwear ou Tumi. O objetivo é fazer com que o volume de negócios cresca mais de 20% no próximo ano.

O investimento permitirá a criação de mais de 170 novos postos de trabalho, sendo este um dos maiores polos de emprego da região. O Freeport totaliza agora 130 lojas, das quais 10 são espaços de restauração. Mais de 80% das novas unidades estão já ocupadas.

O reforço da oferta responde às solicitações comerciais existentes e que não eram possíveis de satisfazer por falta de capacidade de área comercializável, agora ajustada para 31.385 metros quadrados (m2), revela a instituição em comunicado. À reformulação e qualificação da oferta comercial correspondeu, simultaneamente, um reforço na sofisticação do serviço disponibilizado pelo outlet e a profunda intervenção no espaço público que envolveu todo o centro.

Uma referência no mercado nacional

De acordo com Nuno Oliveira, diretor geral do Freeport Lisboa, o centro "está mais do que nunca acolhedor e agradável, sendo a reformulação arquitetónica e a profunda intervenção dos espaços comuns o mais evidente". "Às quais se junta um investimento muito expressivo na sofisticação do serviço prestado aos visitantes, permitindo a melhor experiência de compra”, adianta.

Nuno Oliveira explica ainda que a estratégia de reforço comercial “resultou num mix de marcas incomparável e que posiciona o centro como uma das mais importantes referências de shopping de moda em Portugal”.

De recordar que o Freeport Lisboa Fashion Outlet, juntamente com a Vila do Conde Porto Fashion Outlet, integra o grupo VIA Outlet, que tem como principais investidores a UK REIT Hammerson plc, uma gestora de ativos britânica, e a APG, também gestora de ativos de fundos de pensões holandeses.