Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Governo autoriza parque eólico da EDP Renováveis que estava parado há uma década

Autor: Redação

O Governo autorizou a licença de produção do parque eólico de Penacova, promovido por uma empresa da EDP Renováveis. Trata-se de um projeto que já vem do concurso público eólico de 2008 e que representa um investimento de 60 milhões de euros.

“O Secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, autorizou a licença de produção do Parque Eólico de Penacova (...). Este projeto, que integrava a Fase B do concurso de atribuição de licenças eólicas realizado em 2008, estava desde então parado, a aguardar licenciamento”, informou a Secretaria de Estado da Energia em comunicado.

Segundo o Executivo, o projeto tem “uma potência instalada total de 49,27 MVA”. O Governo adiantou, de resto, que já aprovou quatro parques eólicos ao abrigo dos concursos de atribuição de licenças eólicas de 2008 e 2009, num total de 123 megawatts de capacidade instalada.

“A EDP Renováveis é igualmente a empresa responsável pelo desenvolvimento dos restantes projetos autorizados, dois dos quais se situam no concelho da Batalha e um em Tarouca. A validação destas licenças assentam no compromisso assumido pelo Governo de garantir a estabilidade contratual e regulatória no setor energético”, lê-se no documento.

Na nota enviada à comunicação social, o Executivo revelou ainda que já foram “aprovadas 21 centrais solares fotovoltaicas, equivalentes a 756 megawatts de capacidade instalada e a um investimento potencial de 550 milhões de euros”.