Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Quantico investe 150 milhões na reabilitação de 13 prédios residenciais

Vão nascer 15 apartamentos no Palacete Montevideu, no Porto. / Google Maps
Vão nascer 15 apartamentos no Palacete Montevideu, no Porto. / Google Maps
Autor: Redação

A sociedade imobiliária Quantico investiu, desde 2013, cerca de 150 milhões de euros na reabilitação de 13 prédios residenciais em Portugal, sobretudo em Lisboa e Porto. Há mais projetos na calha.

Boa parte do investimento feito pela Quantico, que é presidida por Carlos Vasconcellos, um ex-quadro da Portugal Telecom, foi concretizado em parceria com a Albatross Capital, tendo as duas empresas criado, em 2017, um veículo de investimento sediado no Luxemburgo. “O fundo [Albatross] é de 100 milhões de euros destinados à compra e reabilitação de prédios e posterior venda de apartamentos no segmento de retalho”, refere a Quantico

Citado pelo Jornal Económico, Carlos Vanconcellos revelou que o valor em causa é para ser aplicado “total e exclusivamente pela ‘joint-venture’ Quantico-Albatross”. 

O responsável estima que o universo imobiliário ‘premium’ que pode ser objeto de intervenções de reabilitação em Lisboa e no Porto ronde os “25 mil imóveis”. “Existem em Portugal cerca de cinco milhões de casas/apartamentos. Destes, cerca de 30% estão em mau estado e necessitam de obras de reabilitação. Chegamos assim ao número de 1,5 milhões de imóveis para reabilitar em todo o país. No entanto, apenas uma pequena fração destes tem características e localização que se enquadram no segmento do luxo ou alta qualidade. Não há números precisos, mas podemos estimar que em Lisboa e Porto existam cerca de 25 mil imóveis que poderão ser incluídos nesta categoria”, conta o empresário.

Sobre os projetos que estão na calha, Carlos Vascocellos adianta que serão lançadas em breve as vendas de mais dois projetos desenvolvidos pelo fundo Albatross: o Santa Engrácia, em Lisboa, e o Sampaio Bruno, no Porto.

Quantico-Albatross aposta forte no Porto

Entre os projetos de reabilitação mais emblemáticos que a Quantico-Albatross “tem em mãos” está a reabilitação do Palacete Montevideu e do edifício do histórico Café Embaixador, ambos no Porto. Os dois projetos implicam um investimento global de 25 milhões, entre aquisição e obras, e destinam-se a habitação, escreve o Dinheiro Vivo.

Segundo a publicação, as obras de reconversão do Palacete Montevideu, na Foz, deverão arrancar no verão e preveem a edificação de 15 apartamentos de luxo (dois no palacete e os outros em dois novos blocos). Já no edifício do Café Embaixador, em plena Baixa da Invicta, vão nascer 15 apartamentos de tipologias T1 e T2. “São projetos pequenos para uma vivência de cidade”, referiu Carlos Vasconcellos.