Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Nova edição do Revive vai ter mais imóveis no interior do país

JLH PHOTO on VisualHunt/CC BY
JLH PHOTO on VisualHunt/CC BY
Autor: Redação

O Governo já está a analisar e inventariar os imóveis do Estado devolutos que podem vir a integrar a nova edição do programa Revive, que terá início na próxima legislatura. O ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, fez saber que o Executivo quer ter mais oferta nas regiões do Interior, para diversificar a oferta turística do país.

Numa altura em que ainda falta lançar metade dos concursos do programa Revive, o Governo já está a adiantar caminho para o próximo. O Ministério da Defesa será “um dos ministérios com mais património suscetível de ser incluído no novo programa”, segundo o governante, citado pelo Jornal de Negócios.

O Interior também não será esquecido. É intenção do Executivo que parte significativa dos espaços se situe nessa região. “Vai ao encontro não só do objetivo de promover o investimento nas regiões do Interior como também de diversificar a oferta turística do país, levando os turistas, nacionais e estrangeiros, a descobrir locais de Portugal que atualmente são, em grande parte, desconhecidos", sublinhou ainda o ministro.

Como o idealista/news noticiou, vai ser ainda lançado o Revive Natureza, que será alargado à recuperação do património devoluto do Estado, nomeadamente a imóveis como antigas casas florestais.