Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Visabeira quer vender mais ativos imobiliários - tem mercado alemão debaixo de olho

Residências Assistidas Porto Salus foram vendidas pela Visabeira em 2018 / Porto Salus
Residências Assistidas Porto Salus foram vendidas pela Visabeira em 2018 / Porto Salus
Autor: Redação

O grupo Visabeira vendeu no ano passado o Hospital de Nossa Senhora da Arrábida e das Residências Assistidas Porto Salus, por de 22,8 milhões de euros, no âmbito da política de reorganização e racionalização de recursos. A empresa admite querer vender mais ativos na área do imobiliário este ano, mostrando-se interessada no mercado alemão.

O presidente executivo do grupo Visabeira, Nuno Marques, admitiu que equaciona alienar mais ativos este ano, mas que "tudo depende das oportunidades”. “Há sempre boas oportunidades de negócio, quer para aquisições, quer para alienações”, disse o responsável à Lusa, acrescentando que a empresa vai “olhar com muita atenção” para o mercado alemão.

"No mundo de negócios nunca podemos dizer que não estamos disponíveis para alienar, há alguns ativos não 'core' [que não são centrais]", frisou. “Eu diria que sim, diretamente ligado à atividade imobiliária, nós temos claramente diversos ativos que são alienáveis dentro da nossa política de desinvestimento também na área imobiliária”, esclareceu.

Questionado sobre que mercados, Nuno Marques foi perentório: “Maioritariamente o alemão”, para o qual a empresa deverá apontar a “mira” em 2019.