Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Grupo sul-africano investe 200 milhões na construção de cinco projetos residenciais em Lisboa

Pojeto LX Living, nas Amoreiras, terá 151 apartamentos de luxo / LX Living
Pojeto LX Living, nas Amoreiras, terá 151 apartamentos de luxo / LX Living
Autor: Redação

O grupo Neworld, originário da África do Sul e liderado por John Rabie, está a apostar forte no setor imobiliário em Portugal, tendo em desenvolvimento um projeto a longo prazo para a cidade de Lisboa que passa, para já, pela construção de cinco empreendimentos residenciais, com um investimento total de 200 milhões de euros.

A garantia foi dada pelo próprio por John Rabie esta segunda-feira (17 de junho de 2019), durante a apresentação do primeiro projeto do grupo Neworld, o LX Living. Trata-se de um complexo de 151 apartamentos localizado junto às Amoreiras e que vai nascer na sequência de um investimento de 90 milhões de euros.

Segundo John Rabie e Neewman Leech, presidente da empresa suíça GMG Real Estate, que está a trabalhar em parceria de ‘joint venture’ com o grupo sul-africano, o plano passa por traçar um grande projeto a longo prazo para os próximos 10 anos.

Para já, ao LX Living vão juntar-se mais quatro empreendimentos localizados na zona de Marvila, Parque das Nações e o centro de Lisboa, que no total vão ser compostos por 500 apartamentos, escreve o Jornal Económico. “Estamos muito entusiasmados por estar em Lisboa. Foi amor à primeira vista. Tive o ‘feeling’ de que algures na minha carreira iria construir algo em Portugal e viemos para ficar”, referiu John Rabie.

Neewman Leech, por seu turno, destacou “a paixão com que as pessoas em Portugal se dedicam aos projetos” e disse esperar “construir grandes coisas” no país.