Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Espanhola Gestilar aposta na construção nova em Lisboa: Residences Miraflores "ganha asas"

Vista aérea do empreedimento / Gestilar
Vista aérea do empreedimento / Gestilar
Autor: Redação

A promotora imobiliária espanhola Gestilar vai investir cerca de 80 milhões de euros num projeto residencial em Miraflores, Lisboa, que será desenvolvido em duas fases, a primeira com 111 apartamentos e a segunda com 59, distribuídos por 13 pisos. A construção deverá arrancar este ano e estar finalizada até final de 2021.

O Residences Miraflores vai nascer numa área 26.000 metros quadrados (m2) e tem a assinatura do atelier de arquitetura Saraiva + Associados, sendo um projeto de “linhas sóbrias”. 

Detalhe da fachada do empreendimento / Gestilar
Detalhe da fachada do empreendimento / Gestilar

“O design da fachada deste empreendimento residencial demonstra a sua identidade e confirma o potencial dos seus terraços panorâmicos de amplas dimensões. A orientação privilegiada do edifício com uma exposição solar nascente-poente permite que todos os apartamentos usufruam de uma luz natural excecional, com vistas sobre o Parque Urbano de Miraflores e para o Parque de Monsanto”, lê-se no site da Gestilar.

Destaque ainda para a piscina, que se encontra no último piso do edifício, bem como o solário natural e um ginásio equipado com máquinas de última geração. 

A piscina "lá no alto" / Gestilar
A piscina "lá no alto" / Gestilar

“As cozinhas destes novos apartamentos apresentam-se totalmente equipadas com mobiliário elegante e eletrodomésticos de marca de prestígio. A fusão entre a cozinha e as salas de estar é evidente em algumas tipologias, apresentando uma integração cuidadosa graças às formas harmoniosas do design de interiores”, refere a Gestilar. 

Este é o primeiro investimento da empresa imobiliária espanhola em Portugal. Javier García Valcárcel, presidente e acionista maioritário da Gestilar, disse, citado pelo Construir, que “o mercado português é interessante por vários fatores”, dando como exemplo a “localização estratégica, o potencial de desenvolvimento, o investimento estrangeiro, a recuperação económica e a competitividade do turismo”.

Terraços panorâmicos e de amplas dimensões / Gestilar
Terraços panorâmicos e de amplas dimensões / Gestilar