Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Antiga fábrica da Confiança em Braga volta ao mercado em março com novas regras

Hasta pública do passado dia 14 de fevereiro ficou vazia, sem interessados em pagar o valor-base de 3,65 milhões de euros.

Wikipedia
Wikipedia
Autor: Redação

O edifício que acolheu, em Braga, a produção de sabonetes e de perfumes da Confiança até 2005 foi colocado à venda, em hasta pública, no passado dia 14 de fevereiro. Mas a sessão ficou vazia e acabou em dois minutos, sem a apresentação de propostas de interessados em pagar, pelo menos, o valor-base de 3,65 milhões de euros. A Câmara Municipal de Braga não se deu, no entanto, por vencida e já agendou um novo ato para voltar a colocar o ativo imobiliário no mercado. O próximo dia 11 de março é a data escolhida.

A autarquia considera que “não se encontram esgotadas as condições” para concretizar a alienação de um equipamento que comprou em 2012 à empresa Urbinews por 3,5 milhões de eurosdecidindo antes mudar o regulamento da próxima hasta pública, que passa a “exigir a apresentação de propostas por carta fechada por parte dos investidores interessados”, ao contrário da sessão realizada nesta sexta-feira no Gnration, em que os potenciais compradores anunciavam os valores dispostos a oferecer pelo edifício industrial pelo método de braço no ar, noticia o Público, citando um comunicado municipal.

Desde a obtenção do alvará para a obra, o eventual comprador tem dois anos para concluir o projecto de preservação do edifício; esse projecto, enquadrado pelo Pedido de Informação Prévia (PIP) apresentado pela Câmara em 08 de janeiro, contempla a preservação do edifício cuja aparência actual remonta a 1921 e também a construção edifício de sete pisos que, na área traseira, uma residência universitária, vai oferecer alojamento para 300 estudantes universitários.

Com o reagendamento da sessão de venda, a autarquia espera que os “vários interessados na compra da Confiança” possam aproveitar as próximas três semanas para fazerem “uma reflexão mais cuidada” sobre a decisão a tomar e esclarecerem as suas dúvidas.