Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Porto: terrenos do antigo Estádio das Antas (ainda) sem destino

Câmara Municipal do Porto não recebeu qualquer projeto para o local.

Google Maps
Google Maps
Autor: Redação

O Estádio das Antas, no Porto, foi demolido há 16 anos (em 2004), e os terrenos em causa – localizados ao lado do atual Estádio do Dragão – continuam a estar desocupados e sem destino à vista. Segundo a Câmara Municipal do Porto (CMP), “não deram entrada projetos” para a área antes ocupada pelo antigo recinto portista e o único dado novo é um “pedido para reparcelamento de lotes”.

Segundo o Jornal de Notícias, os terrenos são detidos por uma empresa imobiliária detida pelo Grupo Amorim e pela Somague (foi entretanto comprada pelos espanhóis da Sacyr), sendo que o objetivo para a zona, inserida no Plano de Pormenor das Antas (PPA), seria avançar com construções, mas a turbulência dos mercados e a crise financeira na época acabaram por não o permitir. 

Atualmente, o que existe agora no local são arruamentos e uma grande área com alguma vegetação. “De pé” continua, curiosamente, uma torre de iluminação do antigo estádio, escreve a publicação, salientando que o único prédio erguido e habitado na zona, mas localizado no perímetro em redor do extinto Estádio das Antas, situa-se ao fundo da Alameda, próximo do shopping com o mesmo nome.

De referir que na zona envolvente a estes terrenos estão a nascer alguns empreendimentos residenciais, como por exemplo o Antas Build, que deverá estar concluído no primeiro semestre de 2021, e o Antas Garden.