Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

M Capital: novo fundo de 113 milhões para investir em imobiliário com Portugal e Espanha na mira

O fundo britânico vai centrar-se em investimentos de alto rendimento, oferecendo retornos dentro de um horizonte de três a cinco anos.

Photo by Paul Fiedler on Unsplash
Photo by Paul Fiedler on Unsplash
Autor: Redação

O imobiliário continua a atrair investimento, mesmo em tempos de pandemia. E agora “entra jogo” um novo fundo, de origem britânica. Chama-se M Capital e vai ser lançado oficialmente no mercado a 1 de junho de 2020, com 113 milhões de euros disponíveis para financiar projetos imobiliários, e tem Portugal e Espanha na mira. Vai focar-se, sobretudo, em ativos de alto rendimento.

O capital deverá ser disponibilizado mediante três vias, segundo escreve o site espanhol elEconomista. Em primeiro lugar, proporcionando capital aos compradores interessados na aquisições de imóveis de luxo ja desenvolvidos; em segundo, apoiando o desenvolvimento de novos projetos internacionais; e em terceiro, facilitando o financiamento a promotores que nos seus mercados carecem de deste tipo de empréstimos, como é o caso de Portugal, Espanha e França.

O fundo vai centrar-se em investimentos de alto rendimento, oferecendo retornos dentro de um horizonte de três a cinco anos, segundo a mesma publicação. Além de fornecer financiamento a terceiros, a M Capital atuará como braço de investimentos da Montague Property, com sede em Londres. A M Capital foi precisamente criada pelo fundador da Montague Property, Thomas Balashev, e contará com o apoio dos promotores imobiliários internacionais Dylan Mitchell (COO) e Mattias Sandvall (diretor de investimentos).

"Todo o espírito da M Capital é respaldado por experiência e transparência. O nosso objetivo é garantir que nossos investidores tenham acesso às melhores oportunidades de investimento possíveis", diz Thomas Balashev, fundador e CEO da M Capital, citado pelo elEconomista. Dylan Mitchell, COO, explica ainda que “a natureza versátil do fundo significa que podemos não só tirar proveito das diferentes oportunidades que surgirem, mas também fornecer uma flexibilidade muito maior durante o período da Covid-19”.