Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

O’LIVING: vão nascer na capital (nos Olivais) 86 apartamentos pela mão da suíça Mexto

Projeto tem a assinatura de Miguel Saraiva e é composto por imóveis com tipologias T1 a T3 duplex, com áreas entre 70 e 180 m2.

Mexto
Mexto
Autor: Redação

Chama-se O’LIVING e é um complexo residencial que estará localizado nos Olivais, em Lisboa, dividido em dois edifícios que terá 86 apartamentos, composto por tipologias de T1 a T3 duplex, com áreas entre 70 e 180 metros quadrados (m2). A suíça Mexto, empresa de investimento imobiliário especializada no segmento de luxo, revelou que já assinou a escritura para aquisição do terreno onde será construído o empreendimento, mais direcionado para a classe média portuguesa. 

“O novo projeto da Mexto pretende dar uma clara resposta à falta de oferta destinada ao mercado residencial nacional. Assinado pelo arquiteto Miguel Saraiva, o projeto contempla também cinco unidades de retalho com áreas entre os 97 e os 198 m2. A configuração não descarta a possibilidade de loja única, podendo acomodar um supermercado ou outra estrutura de comércio para servir não só os residentes como a comunidade local”, refere e empresa, em comunicado.

Segundo a Mexto, que está presente há três anos em Portugal – tem 10 projetos desenvolvidos em território nacional, num total de 242 apartamentos, 51.000 m2 de área de construção e um volume de investimento na ordem dos 200 milhões de euros –, o O’LIVING vai nascer perto do Parque das Nações, “muito próximo do aeroporto, do metro e da Gare do Oriente”.

Mexto
Mexto

Elson Angélico, General Director & Partner da Mexto, diz, citado no comunicado, que o O’LIVING pretende “dar a melhor resposta possível ao mercado português, com uma oferta de qualidade, com uma arquitetura versátil e com preços em linha com a procura nacional”. “Temo-nos apercebido do interesse crescente por este tipo de produto imobiliário e por isso fez todo o sentido enquadrar a qualidade da Mexto neste segmento, que apresentará todo o conforto, detalhe e sofisticação que tão bem caracterizam a marca”, acrescenta. 

O responsável mostra-se satisfeito por escolher “parceiros portugueses” para ajudarem a empresa “a tornar real mais um projeto especial da Mexto”. 

Um desses parceiros será a Insula Capital, uma sociedade gestora de organismos de investimento coletivo, especializada na gestão de fundos de investimento imobiliário e de sociedades de investimento Imobiliário – 30% do seu capital e direitos de voto foram comprados pelo suíço Claude Berda, dono da promotora Vanguard Properties. “A operar em todos os segmentos do mercado imobiliário, a Insula Capital tem sob a sua gestão a Mexto Property Investment I – SICAFI, onde se intera o projecto O’LIVING”, lê-se no comunicado.