Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Açores: obras de requalificação do Porto de Pipas (Angra do Heroísmo) custam 14 milhões

Garantia dada pelo presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro.

Carlos Luis Cruz (talk) via Wikipedia
Carlos Luis Cruz (talk) via Wikipedia
Autor: Lusa

O Porto de Pipas, em Angra do Heroísmo, vai ter obras de requalificação no valor de 14 milhões de euros, que irão representar uma “significativa melhoria das condições de operacionalidade”, disse o presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro. 

O responsável falava na cerimónia do lançamento da primeira pedra da empreitada do porto, que prevê a construção da rampa para navios ‘ro-ro’ (‘roll-on – rol-off’, em que a carga é rodada ou carregada a bordo em veículos ou plataformas equipadas com rodas) e ferry, além do aumento do cais, escreve a Lusa.

Segundo Vasco Cordeiro, o aumento do cais irá permitir “fortalecer aquela que já é uma prática atual”, a utilização daquele porto como escala para cruzeiros temáticos. A construção de uma rampa ‘ro-ro’ vai dotar o porto de uma “nova funcionalidade”, uma vez que irá permitir a operação dos navios da Atlânticoline (empresa pública de transporte marítimo), podendo o transporte de passageiros e de viaturas ser realizado “em toda a sua plenitude”, explicou.

O presidente do Governo Regional dos Açores adiantou que “fortalecer as condições de afirmação” da ilha, “desde logo no transporte marítimo de passageiros e de viaturas”, é também uma “maneira de fortalecer a coesão entre todas as ilhas da região”. “Este investimento é, pois, um sinal e um sinal claro de melhoria da funcionalidade deste porto e da criação de novas áreas de afirmação”, afirmou.

Ao valor de 14 milhões de euros será somado um investimento de quatro milhões, destinado a aumentar as “condições de segurança” e a cobrir prejuízos provocados pela passagem do furacão Lorenzo pelos Açores, em outubro de 2019, que provocou cerca de 330 milhões de euros de prejuízos, sendo 85% deste valor assumido pelo Governo nacional.

O presidente do Governo dos Açores destacou que, nos últimos quatro anos, entre obras concluídas, a decorrer ou lançadas, foram direcionados 28 milhões de euros para a requalificação de “infraestruturas portarias” na ilha Terceira.