Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Consumo de gás natural dispara e aproxima-se de máximos de 2011

Marktest
Marktest
Autor: Redação

O consumo de gás natural em Portugal quase duplicou nos últimos 15 anos. Em 2016, o consumo de gás natural no Continente e Madeira atingiu 4.751 milhões de m3, bem mais que em 2001: 2.411 milhões de m3. Em causa estão dados da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index 2018 da Marktest.

“Os concelhos de Sines, Figueira da Foz, Gondomar, Alenquer e Matosinhos, onde se localizam refinarias e centros de armazenamento de gás natural, foram responsáveis, em 2016, por 43% do consumo total”, conclui a Marktest.

Segundo a entidade, “o consumo verificado em 2016 corresponde a uma média de 459 m3 por habitante, um valor que sobe para 40.372 m3 per capita em Sines ou 8.614 m3 per capita na Figueira da Foz”.

Como se pode constatar na imagem, o consumo de gás natural per capita baixou entre 2012 e 2014, tendo depois voltado a aumentar em 2015 e 2016. Ainda assim, o valor registado no ano passado é ainda inferior ao verificado nos anos de 2010 e 2011.