Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Gás

Últimas notícias sobre "Gás" publicadas em idealista.pt/news

Preço da botija de gás terá um valor máximo de 23,90 euros

O preço máximo do gás engarrafado (GPL) – as chamadas botijas de gás – vai voltar a ter um valor máximo, anunciou o Governo esta quarta-feira (13 de janeiro de 2021), depois da reunião do Conselho de Ministros. Uma medida que entra em vigor com o novo confinamento geral, que começa esta sexta-feira (15 de janeiro), e que já tinha sido aplicada no primeiro confinamento geral. Uma novidade que consta no Decreto n.º 3-A/2021, já publicado em Diário da República. Uma garrafa de gás butano de 13kg, a mais usada para cozinhar e aquecer a casa, pode custar no máximo 23,90 euros até final do mês de janeiro.

Notícia sobre:

Tarifa social de energia: o que é e quem tem direito a beneficiar de descontos?

Combater a pobreza energética existente em muitas casas de Portugal é um desafio constante, sobretudo quando o frio “chega” e há necessidade de aquecer a casa. Um cenário que ganha força nestes dias, marcados por uma pandemia que teima em não tréguas. Para ajudar a baixar a fatura da luz e do gás algumas famílias podem beneficiar de um desconto, através da tarifa social de energia. Expicamos tudo sobre o assunto neste artigo, preparado pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news.

Notícia sobre:

Alerta consumidores: suspensão dos cortes da luz, gás ou água termina hoje

A suspensão dos cortes nos fornecimentos de luz, água, gás e comunicações, para dar resposta às dificuldades provocadas pela pandemia, termina esta quarta-feira (30 de setembro de 2020). Recorde-se que este regime excecional e temporário se dirigia a todos os consumidores que se encontrassem em situação de desemprego, ou de quebra de rendimentos do agregado familiar igual ou superior a 20%, ou de infeção por Covid-19.

Notícia sobre:

Trocar o gás de botija por eletricidade em casa? Novos apoios do Governo em breve

Admitindo que o GPL engarrafado vai continuar a desempenhar um papel relevante no uso doméstico em Portugal, e que o processo de transição energética vai ser lento, podendo demorar anos, o Ministério do do Ambiente e da Ação Climática está determinado em contribuir para um aumento do consumo de eletricidade, em detrimento do recurso ao gás de botija. E para isso, está a desenhar um conjunto de medidas que visam apoiar as famílias na substituição de equipamentos domésticos que funcionem a partir desta fonte de energia. 

Notícia sobre:

Começa a construção de gigante petroquímica russo-chinesa no extremo oriente russo

A maior empresa petroquímica russa, a Sibur, iniciou esta terça-feira (18 de agosto de 2020) os trabalhos preliminares para a construção de uma gigantesca fábrica na região de Amur, no extremo oriente russo, numa parceria com a China.

Notícia sobre:

Água, luz, gás, internet... despesas da casa a subir com a Covid-19

A pandemia do novo coronavírus vai deixando marcas em todos os setores de atividade a nível nacional e mundial. Depois de ter sido declarado estado de emergência, Portugal entrou em situação de calamidade, e a economia está, aos poucos, a começar a “abir portas”. Muitas pessoas continuam, no entanto, em teletrabalho, pelo que viram as despesas com a água, luz e gás, por exemplo, aumentar por estarem em confinamento. A Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor defende, em tempos de pandemia, mais apoios para as famílias. 

Notícia sobre:

Preço da luz cai 4,9% em Portugal no segundo semestre de 2019 – é a terceira maior descida da UE

No segundo semestre de 2019, o preço da luz desceu 4,9% em Portugal face ao período homólogo, tendo registado a terceira maior descida da União Europeia (UE), apenas atrás de Dinamarca (6,3%) e Grécia (-5,8%). Um valor que compara com um aumento de 1,3% em média da UE. 

Notícia sobre:

Faturas de gás natural mais baratas a 1 de outubro – tarifas descem 2,2%

Os preços do gás natural vão descer já na próxima semana. A partir de 1 de outubro as tarifas vão cair 2,2% para os 277 mil consumidores que se mantêm no mercado regulado, e que representam uma fatia de cerca de 3% do consumo total nacional.

Notícia sobre: