Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Olá verão: estas dicas prometem refrescar a casa... sem aumentar a fatura da luz

Ricardo Resende/Unsplash
Ricardo Resende/Unsplash
Autor: Redação

O verão chegou e a temperatura tende a aumentar nos próximos tempos. Ajudamos-te na tarefa de refrescar a casa sem, no entanto, contribuir para o aumento da fatura da eletricidade.  No artigo de hoje da rubrica semanal Deco Alerta, assegurada pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news, damos-te algumas dicas que prometem arejar o lar e mantê-lo fresquinho. 

Envia a tua questão para a Deco, por email para decolx@deco.pt ou por telefone para 00 351 21 371 02 20.

A minha casa nos dias quentes de verão é um pesadelo! O calor dentro de casa faz-se sentir intensamente. Podem dar-me alguns conselhos ou dicas para refrescar a casa?

Podemos indicar-te alguns truques que ajudam a refrescar o ambiente caseiro sem aumentar a fatura de eletricidade. 

Nada como fechar portas e correr os estores, persianas ou portadas durante o período de sol forte. Poderás optar por colocar plantas altas perto das janelas, pois também ajudam a criar sombra. Com estes gestos, vais poupar cerca de 30% de energia. 

Arejar a casa é fundamental. À noite, sugerimos que abras as janelas opostas para criar correntes de ar e refrescar o interior da casa. Ao arrefecer as paredes, a casa resiste melhor às elevadas temperaturas durante o dia. Se possível, e para conseguires a renovação de ar necessária em todas as divisões, repete a operação várias vezes ao dia, em períodos de menos calor. 

O ideal é combinar arejamento intensivo periódico com técnicas de ventilação. O ar deve entrar através das divisões principais (quartos e salas) e sair pelas de serviço (cozinha e casa de banho). A comunicação também é feita por debaixo das portas ou através de grelhas, portanto não bloqueies a passagem com tapetes.

Nas horas mais quentes, foge de tarefas que produzam calor e vapor, como seja cozinhar, passar a ferro, fumar e utilizar pinturas ou colas. Evita ligar muitos aparelhos em simultâneo, como lâmpadas, televisores e computadores. 

Mas se estas dicas não conseguirem fazer face ao verão, poderás investir em equipamentos (aparelhos de ar condicionado, ventoinhas ou ventiladores.). Aconselhamos-te a visitar o nosso site para saber mais sobre os equipamentos mais adequados para os diferentes cenários. Consulta também o nosso teste a aparelhos de ar condicionado

Numa perspetiva futura e de acordo com o orçamento disponível, sugerimos-te ainda algumas mudanças mais estruturais, como por exemplo intervenções ao nível da construção. Se estiveres a pensar em fazer obras em casa, deixamos-te algumas sugestões para melhorar as condições de ventilação.

Se a casa tiver mais de um piso, a cozinha e a casa de banho devem ter sistemas de ventilação separados, para a humidade e os odores não passarem aos andares superiores.

Podes melhorar a ventilação com aberturas nas caixas dos estores. Opta por modelos autorreguláveis, cujas lâminas abrem e fecham mediante a velocidade do vento.

Podes ainda colocar extratores nas janelas da cozinha, chaminé do fogão e casa de banho, ou no caso se ser um prédio opta por um extrator (girândola) no final da conduta. Mas precisas do acordo dos vizinhos.

Informa-te connosco sobre os teus direitos.