Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Consumo de água em casa: dicas para ajudar a reduzir a fatura

Sim, é possível poupar água – e ganhar uma pequena folga no orçamento familiar – em casa, mesmo passado mais tempo "fechado" no lar.

LuAnn Hunt on Unsplash
LuAnn Hunt on Unsplash
Autor: Redação

São muitos os portugueses que, devido à pandemia da Covid-19, foram “forçados” a ficar em casa nos últimos tempos. O lar passou a ser, também, a escola e o escritório, entre muitas outras coisas, claro. O resultado, ou um dos resultados, está à vista: o consumo de água disparou. E a fatura também. Mas há estratégias a ter em conta para ajudar a diminuir o valor a pagar. Contamos-te tudo sobre este assunto no artigo de hoje da Deco Alerta.

A Deco Alerta é uma rubrica semanal destinada a todos os consumidores em Portugal que é assegurada pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor* para o idealista/news.

A nossa fatura da água disparou nos últimos meses. Situação que se torna ainda mais pesada pelos cortes de rendimentos que a minha família sofreu neste período de crise pandémica. Sei que a Deco tem realizado campanhas e ações de esclarecimento sobre a poupança de água. Peço-vos algumas dicas para ajudar a baixar o consumo de água, logo a diminuir o valor da fatura da água. 

Este é um problema sentido por todos nós, agravado também pela escassez de chuva que se vive de Norte a Sul do país. Todos podemos ajudar a diminuir os efeitos desta carência de água e com pequenos gestos conseguiremos pagar menos no final do mês.
Deixamos aqui alguns exemplos de poupança de água. O nosso orçamento e o planeta agradecem!

Na utilização da casa de banho

Opta sempre por tomar duche e o mais rápido possível. Evita manter a torneira aberta mais de cinco minutos, fechando-a para te ensaboares. Um duche de dez minutos com a torneira sempre aberta pode gastar entre 45 e 180 litros, dependendo da eficiência hídrica da torneira ou do chuveiro. 

Se conseguires recolher a primeira água do duche, com a ajuda de balde, por exemplo, até chegar a água quente poderás utilizá-la para lavar o chão, regar os teus canteiros de flores, ou até substituir uma descarga de autoclismo. 

Em algumas casas é utilizada a sanita para deitar fora lixo como sejam lenços de papel, algodão, toalhitas e cotonetes, entre outros. É preciso uma descarga completa – 10 ou 12 litros, em muitos modelos – para os fazer desaparecer. Este é um gasto que podemos (e devemos) eliminar. A solução passa por colocar um pequeno caixote do lixo na casa de banho e por explicar aos mais jovens como o usar.

Na cozinha

As máquinas de lavar loiça e roupa são grandes gastadoras de água. O consumo de água no ciclo de pré-lavagem de uma máquina de lavar loiça corresponde, sensivelmente, a 1/3 do consumo do ciclo principal. Assim, evita a pré-lavagem e não precisas de passar por água a loiça suja antes de a colocares na máquina. Utiliza, por exemplo, um guardanapo de papel para retirar o excesso de sujidade dos pratos e panelas.

Quanto à máquina de lavar roupa, usa-a apenas com carga completa e, sempre que possível, sem fazer a pré-lavagem. Podes adaptar os ciclos de lavagem segundo o grau de sujidade da roupa. 

Limpa os filtros das máquinas com regularidade para manter a eficiência da lavagem.

*Conta com o apoio da Deco através do número de telefone 21 371 02 20 e/ou do email decolx@deco.pt. Podes também marcar atendimento via skype. Segue-nos na página de Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e Linkedin.