Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Teletrabalhar em autocaravanas já é tendência e está a conquistar cada vez mais adeptos

Photo by Hanson Lu on Unsplash
Photo by Hanson Lu on Unsplash
Autor: Redação

A pandemia veio mudar quase tudo. Trouxe com ela novas tendências, nomeadamente o teletrabalho, antes visto como mera solução, e que agora é uma realidade que veio para ficar. Há cada vez mais adeptos do trabalho à distância, na impossibilidade de se garantirem as regras de segurança nos escritórios, ou simplesmente por opção da própria empresa. E não foi só em casa que foi preciso reinventar os espaços (ou até criá-los de raiz) para desempenhar tarefas remotamente. Parece ter surgido uma nova “moda”: o teletrabalho em autocaravanas.

A portuguesa Indie Campers, empresa portuguesa de autocaravanas, revela um crescimento de 225% em junho, julho e agosto nas reservas por mais de quatro semanas, e até criou um pacote que pode ser anual ou mensal, com as autocaravanas adaptadas a trabalho remoto, segundo a notícia avançada pelo Jornal Expresso. A empresa adianta ainda que a procura por parte dos "nómadas digitais, que trabalham a partir de qualquer lugar" está a crescer desde os últimos meses.

"No emergente mercado de subscrição de automóveis em Portugal, somos a primeira empresa a oferecer subscrições personalizadas de autocaravanas", refere Isabella Mércio, responsável de comunicação da Indie Campers para o mercado português, citada pela mesma publicação.

Para dar resposta à tendência, e a par do aumento de 66% nos pedidos de pessoas com interesse em trabalhar a partir de uma autocaravana, a Indie Campers lançou planos de subscrição anuais ou mensais de aluguer de autocaravanas, que são "flexíveis e podem ter preços dinâmicos", segundo a responsável. Os preços no caso do plano anual começam nos 699 euros por mês (o equivalente a 22,5 eruos por dia) e para o plano mensal começam nos 730 por mês (23,5 euros por dia).