Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Na Guarda, uma vila fronteiriça vai ganhar um espaço de coworking

Em Vilar Formoso vai abrir um novo espaço para empresários e nómadas digitais. O edifício, uma antiga escola em Almeida, terá também uma incubadora de empresas.

Photo by Brooke Cagle on Unsplash
Photo by Brooke Cagle on Unsplash
Autor: Lusa

O município de Almeida vai transformar o edifício da antiga escola de Vilar Formoso - no distrito da Guarda - numa incubadora de empresas e espaço de coworking, para servir empresários e quem esteja de passagem pela região. O presidente da câmara de Almeida, António José Machado, disse à agência Lusa que a adaptação do antigo edifício escolar às novas funções representa um investimento da ordem dos 200 mil euros.

Segundo António José Machado, o projeto que está integrado nos investimentos realizados no âmbito da Área de Reabilitação Urbana da Zona Comercial de Vilar Formoso “era inicialmente de incubadora de empresas, mas foi transformado para espaços de coworking, para que possa ser utilizado por nómadas”, por pessoas que estão nas cidades e se desloquem para o interior, para que possam ter sítios para trabalhar.

Para além da vertente coworking, no edifício haverá “incubação de empresas” e “ligação” com o futuro Espaço Empresa, que será implementado pela autarquia de Almeida, em parceria com a Agência para a Competitividade e Inovação (IAPMEI) e com o Governo.

O edifício “vai ter espaços comuns e alguns desses espaços têm pequenas divisões que permitem ter um pequeno escritório para algumas funções poderem ser realizadas de uma forma mais individualizada”, disse o presidente do município de Almeida, no distrito da Guarda. “Podem estar [a funcionar] cinco gabinetes completamente individualizados e três salas podem ser de utilização comum”, explicou.

O responsável acrescentou que as pessoas “que venham de férias para o território têm um espaço” na vila fronteiriça de Vilar Formoso “que podem utilizar para trabalhar”. “A obra tem o seu planeamento para ficar pronta no final do ano”, disse.

O edifício da antiga escola do 1.º ciclo do ensino básico de Vilar Formoso está localizado na rua do Comércio, uma das áreas que está a ser intervencionada no âmbito do projeto da Área de Reabilitação Urbana da Zona Comercial. A intervenção total envolve um investimento de cerca de 1,2 milhões de euros e contempla obras “em toda a rua do Comércio, Largo da Estação e ligação à fronteira”, segundo o autarca.