Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Web Summit arranca com lotação esgotada e um convidado especial: Stephen Hawking

Twitter@WebSummit
Twitter@WebSummit
Autor: Redação

O primeiro dia da Web Summit (WS) ficou marcado pela intervenção de um convidado surpresa: Stephen Hawking, que falou aos participantes sobre inteligência artificial, através de videoconferência. Costa e Guterres também subiram ao palco, ao lado de Paddy Cosgrave, que deu as boas-vindas aos presentes, dirigindo palavras de agradecimento a Portugal e à cidade de Lisboa. Entretanto as portas já abriram para o dia 2 da WS.

O discurso do CEO da WS, Paddy Cosgrave, marcou o arranque daquela que é considerada a maior cimeira tecnológica do planeta. Começou com as boas vindas e um obrigada. Agradeceu a Portugal e a Lisboa, mas também a todos aqueles que ajudaram a construir a cimeira, adiantando que durante os próximos quatro dias vão passar pelo evento "mais de 81 mil pessoas de 107 países", escreve a TSF.

“Sentados à vossa volta estão brilhantes empreendedores de todo o mundo", disse o CEO, que dirigiu, depois, um pedido a todos os que se encontravam no pavilhão: que cumprimentassem três pessoas perto de si.

O arranque da cimeira também ficou marcado pelas intervenções de António Guterres, António Costa, Fernando Medina, Margrethe Vestager, Bryan Johnson e Nuno Sebastião – CEO da empresa portuguesa Feedzai –, que subiu ao palco para falar sobre inteligência artificial e para apresentar a primeira "surpresa" do evento: Stephen Hawking. 

Guterres e Costa também falaram 

António Guterres disse que nas últimas décadas tem sido possível testemunhar "o impacto da tecnologia” e acrescentou que “esse impacto foi maioritariamente bom”. Houve “melhoras significativas na qualidade de vida da população, diminuição da mortalidade infantil”, exemplificou, sublinhando que estas melhorias ocorreram “a nível mundial”. Mas o secretário-geral das Nações Unidas destacou, ainda assim, a grande desigualdade na distribuição da riqueza a nível mundial ainda existente.

“É uma honra para Portugal acolher pela segunda vez a WS. A WS põe Lisboa entre o debate global”. Foi assim que o primeiro-ministro português deu início ao seu discurso. “O digital não é apenas clouds e códigos. Até a era digital tem no seu coração e na sua alma o cara a cara, que sempre será a melhor forma de conhecer pessoas", rematou António Costa.

O que está preparado para esta terça-feira

Este será um um dia marcado pela intervenção de Margrethe Vestager, comissária europeia com a pasta da Concorrência. Vestager, cuja intervenção está agendada para as 11h30 no palco principal, deverá falar, segundo o Negócios, sobre as políticas concorrenciais europeias e sobre a importância de regras concorrenciais.

O português Carlos Moedas, comissário europeu com a pasta da Inovação, vai revelar pouco depois qual a cidade mais inovadora da Europa, que vai receber um prémio de um milhão de euros. No palco principal estará também José Neves, CEO da luso-britânica Farfetch, pelas 12h25, a debater com a CEO da Booking.com e com o CEO da DraftKings "a vida de um líder”.

Para ficares a saber tudo o que se vai passar no palco da maior cimeira tecnológica do planeta consulta o programa completo aqui.