Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Obras públicas: há mais concursos, mas menos contratos fechados

Autor: Redação

O lançamento de concursos de obras públicas voltou a estar em alta em Portugal. Depois de 2015 ter-se destacado como o ano com o valor mais baixo de concursos para obras públicas, desde o ano 2000, o primeiro semestre de 2016 mostra retoma nesta atividade, com a publicação de 1.127 anúncios em Diário da República de abertura de empreitadas do Estado, que somam 729 milhões de euros e correspondem a um crescimento de 26% face ao período homólogo. 

Os dados da AICCOPN - Associação dos Industriais de Construção Civil e Obras Públicas mostram também, no entanto, que no primeiro semestre de 2016 foram celebrados menos 19% de contratos do que no mesmo período em 2015, num total. Este valor equivale a 38% do montante total de concursos de empreitadas de obras públicas que

Ajustes diretos sobem 12%

Os contratos celebrados em resultado de Ajustes Diretos situam-se nos
215 milhões de euros, mais 12% em termos homólogos, de acordo com os mesmo dados.

No seu conjunto, os contratos celebrados e reportados até final de
junho totalizam 522 milhões de euros, valor que traduz uma quebra de
9% face ao apurado em 2015. A AICCOPN frisa que apesar de estar em causa uma significativa atenuação face à quebra de 30% apurada no final de 2015, trata-se do pior semestre desde o início desta série estatística, em 2011.