Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Construtora Elevo vai despedir 400 pessoas em Portugal

rawpixel/Unsplash
rawpixel/Unsplash
Autor: Redação

O grupo Elevo - resultou da fusão dos grupos Edifer, Monte Adriano, Hagen e Eusébios - prepara-se para despedir 400 trabalhadores em Portugal. O plano de rescisões vai custar cerca de 10 milhões de euros.

Os despedimentos fazem parte do programa de sobrevivência apresentado ao BCP e Novo Banco (bancos financiadores) que, segundo o Expresso, traça um cenário sombrio e apela a um financiamento de 20 milhões de euros para pagar salários e fornecimentos em atraso, reforçar a tesouraria e racionalizar o quadro de pessoal.

De acordo com o jornal, a Elevo precisa de 31,4 milhões de euros no imediato (59 milhões a médio prazo), um valor que será atingido com a venda de ativos como a participação (12%) da concessão do Pinhal Interior (5,5 milhões) e a recuperação de créditos em Angola (13,5 milhões).