Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Civilria investe 5 milhões para converter edifício em Aveiro para apartamentos turísticos

INN Apartments
INN Apartments
Autor: Redação

A Civilria reabilitou o Avenida 60, um edifício localizado na Av. Lourenço Peixinho, no coração da cidade de Aveiro, num investimento de 5 milhões de euros. O novo empreendimento de alojamento local, constituído por 40 apartamentos turísticos, está a ser gerido pela INN Apartments - empresa especializada em exploração turística e corporate housing que faz parte do grupo Civilria.

Os apartamentos são na maioria T1, apenas cinco T0, e foram concebidos com alto padrão de qualidade e requinte, adequados ao ambiente citadino e cosmopolita da cidade, conhecida como a Veneza portuguesa. O edifício Avenida 60 faz frente para a Av. Dr. Lourenço Peixinho, canal da Ria e centro comercial Fórum Aveiro. 

O Avenida 60 resulta da requalificação de um imóvel que se encontrava devoluto e que foi construído para instalação da delegação regional do antigo BPA. "Os materiais da fachada combinam com o que já existia e foi adicionada a madeira que imprime um carácter de maior conforto, tendo em conta a função turística a que se destina”, comenta Artur Varum, CEO da Civilria, frisando que "a intervenção no edifício Avenida 60 procurou através da arquitetura e soluções construtivas melhorar significativamente o desempenho energético e acústico do edifício, para acima de tudo valorizar o conforto dos espaços interiores"

Por outro lado, o gestor citado em comunicado destaca que "a cidade de Aveiro tem assistido nos últimos anos a um crescimento muito significativo do número de turistas e a procura por alojamento turístico tem acompanhado este facto”.  

A INN Apartments, empresa que vai explorar o Avenida 60, tem atualmente operação nos centros das cidades de Lisboa, Porto e Aveiro.  Já a Civilria tem como atividade core o mercado residencial, sendo que o grupo desenvolve também algumas unidades de retail para clientes específicos, onde atua desde a procura do terreno, até ao arrendamento do espaço ao operador final. Tem projetos empresariais em Cascais, Aveiro e Porto.