Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Tecnibuild junta-se à Legendre para promover Antas Build e outros projetos no país

Empreendimento residencial no Porto representa 26 milhões de euros de investimento e tem já 70 frações vendidas das 98 totais.

Tecnibuild/Legendre
Tecnibuild/Legendre
Autor: Elisabete Soares (colaborador do idealista news)

A Tecnibuild, empresa portuguesa de construção e engenharia com experiência internacional, juntou-se à Legendre – grupo familiar francês ligado à construção, imobiliário e energia – e estão a investir 26 milhões de euros na promoção do Antas Build, um empreendimento residencial na Alameda das Antas, no Porto, com 98 frações. A conclusão das obras está prevista para julho de 2021, sendo que 70 casas já estão vendidas.

Ao idealista/news Paulo Ramos, administrador da Tecnibuild, destacou que este “é o primeiro projeto residencial desenvolvido no mercado nacional” e, por isso, o objetivo é que se seja “uma referência no mercado”.

Segundo o responsável, o convite ao grupo francês Legendre destina-se a “alargar os investimentos na área da promoção”, sendo que, neste momento, já têm “identificados outros terrenos em Lisboa e Porto”, que em breve poderão ser lançados.

Telmo Carriço, diretor-geral da Legendre, confirmou ao idealista/news que a intenção do grupo é avançar “com projetos imobiliários em todo o país”. Acrescenta, “estamos muito focados no residencial, mas também pretendemos investir em outros segmentos, como escritórios e hotéis”.

Um mercado nacional é “atrativo nos vários segmentos”

O responsável da Legendre destaca que o “mercado nacional é muito atrativo nos vários segmentos e queremos, por isso, fazer parte da paisagem urbanística portuguesa”, frisando que “não temos uma política agressiva e queremos ser racionais”, em termos do investimento.

Telmo Carriço, luso descendente, detalha ainda que o grupo Legendre tem “muitos colaboradores nacionais”, uma das razões que os levou a investir em Portugal, abrindo uma sucursal em Lisboa. Originário da Bretanha, o grupo - atualmente com dois mil trabalhadores - está presente também em Inglaterra (Londres) e na Ilha de Jersey, onde está a desenvolver vários projetos.

Sobre a parceria com o grupo Tecnibuild, o gestor destaca a comunhão de ideias das duas entidades que “querem desenvolver projetos com um componente sustentável muito forte”.

Antas Build com preços médios de 3500 euros/m2

Localizado numa zona de referência no segmento médio/alto do mercado residencial da cidade do Porto, o Antas Build fica localizado na moderna avenida Alameda da Antas, a poucos metros do Estádio das Antas e com acesso facilitado à VCI.

Apesar de estar ainda no início da construção, o Antas Build tem já cerca de 70% das frações vendidas. De acordo com Manuel Carlos Carvalho, administrador da Réplica - mediadora que tem o exclusivo da comercialização -, “70, das 98 frações, estão vendidas”.

Tecnibuild/Legendre
Tecnibuild/Legendre

Contudo, acrescenta, “por uma estratégia comercial só, neste momento, estamos a colocar as penthouses, localizadas no último piso”, com várias tipologias (T1 a T3). No caso dos T3, com áreas de 130 m2, apresenta um preço de 608 mil euros, com o valor por m2 a subir para os 6.400 euros/m2.

Nas restantes tipologias os valores médios são de 3500 euros/m2, ou seja, com os preços dos apartamentos a partir dos 178.500€ (T1, com 59 m2) e 265.000€ (T2, com 75 m2).

O edifício dispõe ainda de sete espaços para comércio e serviços e duas caves destinadas a estacionamentos.

Os trabalhos de construção do empreendimento foram iniciados em julho de 2019 e a conclusão está prevista para julho de 2021. Um prazo mais longo que se deve sobretudo à fase de escavação e ao tipo de materiais encontrado no subsolo que fez derrapar, em alguns meses, o prazo inicial de conclusão do empreendimento.

Projeto tem elevada eficiência térmica e acústica

Com um projeto de arquitetura contemporânea, “linhas homogéneas, de maior realce as horizontais”, da autoria do arquiteto Joaquim Bragança, o Antas Build apresenta um revestimento exterior de pedra natural grampeada, características que irão perdurar no tempo.

Tecnibuild/Legendre
Tecnibuild/Legendre

Com dois corpos distintos, um perpendicular à Alameda das Antas, e o outro à rua Maria Adelaide Freitas Gonçalves, formando um L, vai contar no seu interior com um pátio jardim, com 600 m2, para usufruto dos seus condóminos. Mas é a qualidade construtiva, tanto na componente estrutural do edifício, nos seus acabamentos, materiais ou equipamentos aplicados e, especialmente, na elevada eficiência térmica e acústica, que distingue este projeto, segundo os promotores.

“O pavimento é constituído por uma laje de betão, com 28 cm, elemento que proporciona um elevado isolamento acústico aos sons e tem resistência térmica elevada”, destaca Paulo Ramos, numa exaustiva explicação sobre as características construtivas do projeto. Termina, destacando, que “esta solução permitirá obter índices de isolamento com desempenho de cerca de 125%, dos valores regulamentares”.