Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Nova ponte do Metro do Porto: há 27 propostas de todo o mundo a concurso

Concurso público "suscitou o entusiasmo de muitos dos maiores projetistas nacionais e internacionais de pontes".

Nova ponte do Metro do Porto: há 27 propostas de todo o mundo a concurso
Metro do Porto
Autor: Redação

O concurso público de conceção da nova ponte sobre o rio Douro que servirá a rede de metro, ligando a Casa da Música, no Porto, a Santo Ovídeo, em Gaia, recebeu 27 propostas “de todos os cantos do mundo”, adiantou a Metro do Porto, em comunicado.

“Vêm de todos os cantos do mundo os ateliers e empresas de engenharia e arquitetura candidatos a projetar a nova ponte sobre o rio Douro. Terminado o prazo do Concurso Público Internacional para a Conceção da nova ponte, a Metro do Porto recebeu 27 propostas para o desenho desta infra-estrutura, que representa um investimento na ordem dos 50 milhões de euros e que permitirá a ligação Casa da Música – Santo Ovídio e o atravessamento do rio pela segunda linha de Gaia”, lê-se na nota.

Segundo a empresa, “o concurso público para a sétima ponte sobre o Douro (entre os dois maiores concelhos da Área Metropolitana do Porto) suscitou o entusiasmo de muitos dos maiores projetistas nacionais e internacionais de pontes”. 

A futura travessia será executada entre 2023 e 2025, em simultâneo com a nova linha, e vai ligar o Campo Alegre, no Porto, ao Candal, em Gaia, situando-se a cerca de 500 metros a nascente da Ponte da Arrábida, refere a Metro do Porto. 

“Sendo parte fulcral da nova linha de Metro que servirá também a Estação das Devesas e impulsionando um interface modal com os comboios, a nova ponte (tal como a linha) está inscrita no PRR (Plano de Recuperação e Resiliência) e têm que estar concluídas até 31 de Dezembro de 2025”, revela. 

O júri do concurso público internacional de conceção da nova ponte é composto por 11 elementos, entre eles o arquiteto Eduardo Souto de Moura, Prémio Pritzker de 2011, em representação da Câmara Municipal do Porto. Integram ainda o painel as seguintes personalidades:

  • Inês Lobo e Alexandre Alves Costa (em representação da Ordem dos Arquitectos);
  • Rui Calçada e Júlio Appleton (indicados pela Ordem dos Engenheiros);
  • Amândio Dias (da Direcção Regional de Cultura do Norte);
  • Serafim Silva Martins (pela Câmara de Vila Nova de Gaia);
  • Lúcia Leão Lourenço (que preside);
  • Joana Barros, Victor Silva e Miguel Osório de Castro (em representação da Metro do Porto, juntamente com Lúcia Leão Lourenlo). 

O júri irá agora verificar e validar as propostas aceites a concurso, selecionando as três candidaturas mais valorizadas, revela a Metro do Porto, salientando que o projeto vencedor para o desenho da nova ponte sobre o rio Douro será conhecido até final do ano.