Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Investidores estrangeiros “piscam o olho” a Vale do Lobo

Autor: Redação

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) quer vender o empreendimento turístico Vale do Lobo, negócio em que tem como parceiros investidores associados ao Grupo Espírito Santo, e já recebeu manifestações de interesse de investidores do setor europeus, asiáticos e norte-americanos.

A CGD entrou no negócio em 2006, tendo ficado com 25% do capital, mas financiou uma parte do investimento dos restantes acionistas, alguns dos quais ligados ao grupo que controla o BES através de parceira, como é o caso de Luís Horta e Costa e Hélder Bataglia, da Escom, segundo o Expresso. A publicação adianta que existe uma dívida à CGD que ronda os 300 milhões de euros.

O complexo de Vale do Lobo é um dos mais luxuosos empreendimentos de férias de praia e golfe da Europa. Está situado num vale repleto de pinheiros que se estende até à praia e foi construído segundo o estilo arquitetónico árabe.