Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Buffett entra no imobiliário luso de alta gama de “mãos dadas” com a Portugal Property

Gtres
Gtres
Autor: Redação

O multimilionário Warren Buffett vai mesmo entrar no mercado imobiliário português. E já se sabe como (e através de quem). A Berkshire Hathaway HomeServices (BHHS), empresa na qual é acionista, - e que gerou cerca de 113,5 mil milhões de euros em volume de vendas no ano passado -, anunciou a expansão para o país através de uma parceria com um agente local, a Portugal Property. A agência passa a designar-se Berkshire Hathaway HomeServices Portugal Property e o foco é o segmento de luxo.

“Portugal é um país essencial na nossa estratégia de expansão global”, sublinha Gino Blefari, Presidente do Conselho de Administração da Berkshire Hathaway HomeServices, citado em comunicado. “A economia portuguesa tem vindo a responder assertivamente ao cenário global desfavorável e o mercado imobiliário do país não para de crescer. Estamos muito contentes por entrarmos em Portugal de mãos dadas com (...) a Portugal Property, que tem planos ambiciosos para disponibilizar a sua oferta a clientes locais e globais”, acrescenta.

A Portugal Property foi fundada em 2008 por Michael Vincent, e conta com sete escritórios em Lisboa, Porto e Algarve. Tem 43 agentes imobiliários e atingiu, no ano passado, um volume de negócios de quase 90,5 milhões de euros.

Segmento de luxo na mira

“Estamos muito orgulhosos em disponibilizarmos a marca Berkshire Hathaway HomeServices em Portugal”, refere Michael Vincent, em comunicado. “A marca conta com o nome Berkshire Hathaway, uma das empresas mais respeitadas, fiáveis e admiradas do mundo. Além disso, dispõe de uma sólida carteira de corretoras nos continente americano, na Europa e no Dubai, e antecipamos uma bem-sucedida troca de referências de clientes com estas empresas”, indica o responsável.

De acordo com o CEO da Portugal Porperty, a marca Berkshire Hathaway HomeServices será essencial para angariar clientes internacionais e consumidores portugueses que procuram níveis de especialização e de “orientação de topo”. O seu objetivo, diz, é duplicar o número de agências nos próximos cinco anos. “Acreditamos que a marca Berkshire Hathaway HomeServices nos vai ajudar a ter acesso a novos mercados e a um maior número dos mais influentes investidores em imobiliário a nível mundial que estão cada vez mais atraídos por Portugal”, conclui.

O mesmo responsável assegura que “todos estes argumentos se juntam para assegurar o nosso sucesso. Estamos muito entusiasmados com a perspetiva de levarmos o nosso negócio a novos níveis”.